sexta-feira, 19 de julho de 2019

Os melhores hotéis para a temporada de férias.

Estamos em temporada de férias por aqui e uma das melhores coisas neste período é aproveitar uma cidade, um bom hotel e fazer bons passeios pela região. Nada como uma boa viagem para desestressar e ver lindas paisagens. Pensando nisso, aqui temos as boas opções de viagens com hospedagens em locais paradisíacos por quase todo o mundo. Vamos lá?

Casa de Uco Vineyards & Wine (Mendoza)

Localizada no Sudoeste de Mendoza, em um verdadeiro paraíso e onde é cultivada a melhor uva Malbec do mundo, a Casa de Uco é perfeita para quem quer apreciar um vinho excelente e ainda desfrutar de paisagens exuberantes – são 320 hectares ladeados pela majestosa Cordilheira dos Andes. O projeto arquitetônico foi totalmente desenvolvido visando a conservação ambiental, com painéis solares, cultivo de orgânicos e reciclagem. O Hotel-vinícola começou a exportar seus rótulos para o Brasil no próximo mês. Por isso, inclusive, o seu dono Juan Tonconogy, virá para cá em agosto.


Alto Atacama (San Pedro de Atacama)



Com arquitetura e decoração primorosas que se misturam à paisagem, esse resort é um oásis em meio ao deserto. Tudo lá foi pensado para harmonizar e impactar minimamente a região, famosa por ter o céu mais limpo do mundo: a iluminação não concorre com as estrelas, a sustentabilidade domina todas as práticas e a cultura local é preservada por meio dos funcionários nativos. Requinte com responsabilidade.

GoldenEye

O hotel está construindo novas estruturas, reformando o spa até novembro. Além disso, ele recebeu, em abril a festa de Premiere do novo filme do 007 com todo o Red Carpet - por se tratar do antigo refúgio do autor de James Bond. GoldenEye (Oracabessa).


O conjunto de vilas de Chris Blackwell – empresário visionário que descobriu Bob Marley guarda muitas histórias inusitadas, como a de que foi lá onde o escritor Ian Fleming criou o famoso personagem James Bond. A propriedade foi considerada Melhor Villa de Luxo pelo World Travel Awards 2014, prêmio que já reconheceu a Jamaica como Destination Wedding.

Lotte New York Palace

O hotel foi eleito um dos Top 15 Hotéis de NY pela Travel + Leisure em 2019. The Towers at LOTTE New York Palace (Nova York).



No coração de Manhattan, em plena Madison Avenue, o lendário hotel de luxo passou por uma transformação completa e agora oferece modernos ambientes e quartos, além de todo um novo espaço: The Towers, composto por acomodações exclusivas que estão entre as maiores e mais completas da cidade, com vistas de tirar o fôlego.

EAST MIAMI

O hotel, que possui um rooftop premiado, com  um exclusivo cardápio de drinques. O Sugar renovou sua carta e conta com 12 opções de coquetéis exóticos e incríveis. 


Trata-se do primeiro projeto hoteleiro do grupo chinês e britânico Swire Hotels nos EUA, uma aposta bilionária na promissora e cosmopolita Brickell City Centre. O empreendimento engloba duas torres comerciais, um shopping e o hotel EAST, Miami. Um dos destaques é o restaurante Quinto La Huella, do chef Alejandro Morales – também proprietário do Parador de La Huella, eleito o #11 melhor restaurante da América Latina pela The 50 Best Restaurants.

Sublime Comporta

Até o final de setembro, o restaurante sazonal Tasca da Comporta está aberto. Por lá estão servidas refeições mais leves, os famosos petiscos portugueses e as saborosas ostras do Sado acompanhadas de uma taça de Champanhe bem fresquinha. A cerca de uma hora de Lisboa, em lugar encantado rodeado por pinheiros, lagoas secretas, dunas selvagens, arrozais extensos e quilômetros de praias da costa Atlântica. 




O hotel é um ótimo refúgio para quem quer conhecer uma Portugal diferente, onde o tempo para e as energias são renovadas.

La Reserve

O grupo idealizado por Michel Reybier é impecável e a unidade de Paris acaba de ganhar uma das premiações mais relevantes do World's Best Awards 2019, da Travel + Leisure. Foi eleito em três categorias: 2º melhor hotel urbano da Europa, 55º melhor hotel do mundo e o 1º melhor hotel urbano de Paris. 


La Réserve Hotel & SPA (Paris) 

O grupo La Réserve foi criado por Michel Reybier, que sempre teve o desejo de administrar um portfólio de propriedades extremamente exclusivas e que oferecesse aos hóspedes a sensação de serem recebidos em casa. Em Paris, o prédio que o hotel ocupa é do século XIX e possui 26 suítes e 14 quartos. Destaque para a piscina interna, muito rara em Paris. 



O restaurante Le Gabriel recebeu 2 estrelas do Guia Michelin de 2016 e apresenta uma real cozinha francesa contemporânea. Eleito em três categorias do World’s Best Awards 2019, premiação da Travel + Leisure: 2o melhor hotel urbano da Europa, 55o melhor hotel do mundo e o melhor hotel urbano de Paris. 

La Réserve Hotel, SPA & Villas (Ramatuelle)

São 9 quartos e 19 suítes projetadas pelo arquiteto Jean-Michel Wilmotte, além de 14 villas decoradas pelo designer de interiores Rémi Tessier – todas com vista incrível para o mar Mediterrâneo. A 5 minutos de carro de St Tropez, é a opção mais elegante para quem quer visitar a região. 


 

Possui o restaurante La Voile, dono de uma estrela Michelin e comandado pelo também estrelado chef Eric Canino, que reinterpreta a culinária mediterrânea de maneira light e balanceada, utilizando a maioria das frutas e verduras colhidas diretamente no jardim do hotel e produtos de pequenos produtores locais. 

Boas férias!!




Blogger Tricks

quarta-feira, 17 de julho de 2019

Casa Conecta: Ticiane Lima une tecnologia e sustentabilidade na CASACOR SP 2019.

A arquiteta faz sua estreia na mostra com um projeto de 125 m² que esbanja contemporaneidade e consciência. ‘Planeta Casa’ foi o mote escolhido pela CASACOR São Paulo 2019 para unir afetividade, tecnologia e sustentabilidade. Através destes pilares, a arquiteta Ticiane Lima, que comanda escritório de mesmo nome na capital paulista, no Jockey Clube, com a Casa Conecta, um ambiente de 125 m² dividido em living, banheiro e terraço, que proporciona aos visitantes momentos de relaxamento, conexão e reflexão.


Se inspirando nas premissas de uma arquitetura limpa e moderna, a profissional criou, logo na entrada, uma enorme estante nichada que cobre a parede inteira, e exibe a tonalidade natural da madeira clara e uma seleção especial de peças e elementos de décor. Desenho original de Ticiane e executado pela Criare, o exuberante painel contrasta com a escrivaninha de madeira caramelo, arrebatada pela cadeira Lucio, de Sergio Rodrigues, compondo uma estação de trabalho funcional e contemporânea, que também traz consigo o aconchego da madeira.




O piso orgânico e projetado em formato de rocha, combina com o mobiliário que, por sua vez, foi cuidadosamente escolhido e posicionado visando proporcionar um conforto que transbordasse design. O sofá em composição com o delicado carrinho-de-chá, a mesa de centro, o pufe, um mancebo assinado por Claudia Moreira Sales, pela Dpot, e luminárias da FAS Iluminação, confere uma mescla elegante de diferentes acabamentos, sem perder a aura de um morar confortável e moderno. A fotografia de uma índia em seu casamento, assinada por Bruno Galerani, em harmonia com as obras de Eva Pena, da Pena Cal Galeria de Arte, além de quadros de Zanine e de Maria Kruchewiscky, completam o ambiente de maneira poética.


Além disso, projeções incentivando a consciência ecológica passarão no vidro que funciona como divisória entre a sala e os banheiros, apresentando, assim, uma tecnologiacontemplativa e reflexiva, que é estendida até a parte interna dos toaletes e transmitem mensagens sobre consumo inteligente.


Já a área externa se integra organicamente com o living através dos panos de vidro que demarcam as fronteiras, deixando o paisagismo elaborado por Flávio Abílio compor, também, os interiores através de uma chuva de jasmins que percorrem as paredes, a partir do teto verde. As linhas de iluminação em LED, que nascem de um rasgo nas esquadrias que contornam a laje, emolduram, de forma suave, a composição, valorizando, assim, a entrada de luz natural e a sustentabilidade presente no projeto.


O painel de tijolos em diferentes tonalidades de barro, da Colormix, teve a montagem desenhada pela profissional, que criou uma espécie de intervenção artística, trazendo um efeito ripado que combina perfeitamente com os tons sóbrios adotados nas paredes. Ao lado da lareira, o banco de granito rosa com seis metros de extensão e elevado do piso, conta com apoio de tomadas para carregar celulares, e dá um toque moderno e rústico ao ambiente. O toque final do terraço fica por conta de uma rede de descanso instalada na altura do teto, que tem como acesso uma escada, fazendo o visitante se conectar com a natureza e sentir-se flutuando no ar.

Como sustentabilidade não diz respeito apenas a origem dos materiais, mas também ao seu descarte, todo mobiliário e painéis serão reutilizados em outros locais, após o final da mostra, promovendo assim o uso consciente dos recursos.

Fornecedores CASACOR SP – 2019: Bruno Gallerani (11) 99926-7770; By Kamy (11) 3081-1266; Colormix (11) 3763-2410; Tintas Coral www.coral.com.br; Criare (54) 3455-1212; Dunelli (11) 3062-7549; Eletromec www.elettromec.com.br; Flávio Abilio Rodrigues Paisagismo @flavioabilio_paisagismo; Flow Iluminação (11) 2339-3732; Lab88 (11) 5081-3381; LG www.lg.com/br; L'oeil móveis e objetos (11) 3897-8787; Maison de la musique (11) 2117-7005; Maranatalum (11) 4144-4101; Prime Gattai (11) 2955-6644; Top Marmore (11) 2304-1626; Vidros Quintaúna (11) 2589-0354

Ticiane Lima Arquitetura & Interiores
(11) 2364-7580
ticianelima.com

Serviço:
CASACOR São Paulo 2019
Data: 28 de maio a 04 de agosto de 2019
Horários: Terça a sábado e feriados, das 12h às 21h. Domingo, das 12h às 20h.
Local: Jockey Club de São Paulo - Av. Lineu de Paula Machado, 1075 - São Paulo/SP
05601-001
Mais Informações: www.casacor.com
Facebook:www.facebook.com/casacoroficial

sexta-feira, 12 de julho de 2019

O Rock que influencia a vida.

Anualmente, no dia 13 de julho comemora-se o Dia Mundial do Rock. Esta data é uma bela homenagem ao famoso estilo Rock' N Roll, que revolucionou a música e o comportamento social, além da cultura jovem na segunda metade do século XX.

Esse gênero musical, composto por indivíduos que são muitas vezes antagônicos, continua com o mesmo propósito original: lutar pela liberdade de expressão usando suas letras tão significantes e geniais. Esse ritmo influenciou, e influencia, diversas pessoas ao redor do mundo, e comigo não foi e não é diferente...

A musicalidade no meu cotidiano

Devo admitir que o Rock sempre me fascinou, desde quando tive o primeiro contato com seus ritmos, o peso dos instrumentos, melodias e letras. A partir disso, as bandas e as músicas viraram as minhas acompanhantes diárias, enquanto descanso, escrevo, viajo e vivo, desde minha adolescência até hoje e assim sempre será! Não é por acaso que, quando escrevo ou descanso, estou com um dos meus aparelhos de som ligado, tocando as minhas bandas favoritas. Sem dúvidas elas se harmonizam com o processo criativo de cada poema e artigo produzido, sem contar com minha vida.


Creio que a música e a criatividade sempre andam juntas. A música é um dos alimentos da alma. Já escrevera sobre este tema, em forma de aforismo, em um dos meus livros. É uma perfeita sintonia daqueles dois elementos extremamente essenciais para a qualidade de uma bom trabalho e de uma escrita dinâmica e envolvente. Não saberia viver os meus momentos de ócio criativo sem a música.

O Rock, em sua essência mais pura, é uma combinação harmoniosa de vários elementos, tais como: notas, tons, arranjo, força, sentimento, técnica, entre inúmeros outros. Assim é na poesia também! Sempre devemos procurar inspiração, deixar o sentimento solto, ter melodia e musicalidade em cada verso e estrofe. Desta forma, toca o leitor assim como a música toca a alma de seus ouvintes, profundamente.

O Rock e a Escrita

A imaginação, as palavras de um poema e o som do rock não são uma técnica em si. Não são palpáveis, são essências. O ritmo musical ­– assim como os de um poema, acredito eu – toca o coração, não só de quem canta ou escreve, mas de quem recebe o conteúdo. Tocam todos os nossos sentidos de uma forma mágica e única. Indescritível!

Diante disso, afirmo: as canções estão ligadas às memórias afetivas, por isso, influenciam diretamente no nosso estado de espírito e ativa funções cerebrais que nos remetem tantos tempos já vividos, tantas lembranças preciosas. A cada som, lembro-me da infância, da juventude, no local exato onde me encontrava ... e minha mão desliza pelo papel, prontamente. A maioria dos meus textos ou ideias nasceram ouvindo músicas que me tocaram, no momento, no fundo da alma e do coração.

Por fim, agradeço grandemente os sentidos que me aguçaram e continuam vibrantes. Eu, falar de música neste pequeno espaço seria injusto comigo mesmo. Não há espaço suficiente para descrever a minha ligação principalmente com o Rock de boa qualidade (o Hard Rock, o Progressivo, o Heavy Metal, o Jazz Fusion, etc), sem descartar a MPB clássica, obviamente. Agradeço as bandas de rock que sempre ouvi e que me ajudam – me incentivam a continuar – a escrever, a criar tantos poemas. Então, para finalizar, indico aqui algumas bandas essenciais que são fontes das minhas inspirações mais profundas e dos meus versos mais belos. Não estão na ordem de preferência. LONGA VIDA AO ROCK N’ ROLL!

Black Sabbath;
Rush;
Yes;
Genesis;
Iron Maiden;
14 Bis (nacional);
Casa das Máquinas (nacional);
O Terço (nacional);
Ira! (nacional);
Rainbow;
Ufo;
Deep Purple;
Marillion;
Pink Floyd;
Led Zeppelin;
Queen;
Uriah Heep;
Nazareth; dentre muitas outras que as considero clássicas, atemporais.

Sobre o autor: Natural de Urussanga/SC, o advogado Mauro Felippe já chegou a cursar Engenharia de Alimentos antes de se decidir pela carreira em Direito. O Autor das coletâneas poéticas Nove, Humanos, Espectros e Ócio, já preencheu diversos cadernos em sua infância e adolescência com textos e versos, dos simples aos elaborados (a predileção pelo segundo evidente em sua escrita). As temáticas de suas obras são extraídas de questões existenciais, filosóficas e psicológicas que compreende no dia a dia, sendo que algumas advém dos longos anos da advocacia, atendendo a muitas espécies de conflitos e traumas. Por fim, pretende com a literatura viver dignamente e deixar uma marca positiva no mundo, uma prova inequívoca de sua existência como autor. Participante assíduo de feiras literárias, já esteve como expositor na Bienal Internacional do Livro de São Paulo 2016 e Bienal Internacional do Livro do Rio 2017.

quinta-feira, 11 de julho de 2019

BC Arquitetos assina Terraço Aurora na CASACOR São Paulo 2019.

Em sua segunda participação na edição paulistana, o duo idealizou um terraço contemplativo e de descanso que respira design e arte.

Expressar sensações e sentimentos por meio de composições ricas em referências e texturas, e, também, por uma arquitetura limpa, se tornou o dístico do BC Arquitetos. Bruno Carvalho e Camila Avelar, dupla que comanda o escritório com sede em São Paulo e no Rio de Janeiro, e que já se tornaram sinônimo de bom gosto e espirito artístico, participam, pela segunda vez, da CASACOR São Paulo, maior e mais importante mostra do segmento, que este ano leva como tema ‘Planeta Casa’, no Jockey Clube da cidade.

Créditos de Imagem: Denilson Machado

O duo apresenta o Terraço Aurora, um espaço de 130 m² que segue uma narrativa delicada, inspirada pela poética contemporânea e minimalista que norteia o novo morar. Na entrada, um imponente pórtico guia os visitantes até o interior completamente cor de rosa, onde se deparam com um décor sútil, mas extremamente elegante.



Definido como uma experiência sensorial, o projeto esbanja design assinado, assim como intervenções artísticas e um incrível pé direto de 7 metros. Ele foi idealizado de maneira que os convidados consigam respirar, suspirar, e se reconectar através dos elementos presentes ali. “Nosso objetivo é que todos possam, por alguns minutos, ser a Aurora que habita esse espaço”, refletiu Bruno. Englobando um living desconstruído, além de um bar/cozinha, o ambiente transborda bem-estar. O piso de nogueira natural contrasta com a paleta de cores baseada em tons rosados, trazendo conforto e o aquecendo.



Feita a partir de uma técnica de pintura à pó, muito mais sustentável, a fachada, envelopada com um alumínio amadeirado em nuances de branco deco, conta com grandes vãos de portas, que proporcionam abundância de luz natural, ventilação cruzada, além de permitirem a integração entre o interior e o jardim, assinado por Daniel Nunes, que cobre todo o entorno do espaço e cria uma sensação de contemplação e misticismo nos visitantes.


A cozinha/bar, que também pode ser interpretada como uma estante, é um desenho original do escritório - que é conhecido pela sua expertise com marcenaria exclusiva - feita em parceria da Florense em um tom de rose metalizado. O mobiliário da Líder Interiores, por sua vez, conta com peças assinadas pela Suite Design, todas escolhidas por meio de uma curadoria especial.



As poltronas, por exemplo, homenageiam um dos grandes nomes da arquitetura mundial, Lina Bo Bardi, já o sofá, modular, traz conforto e funcionalidade. As luminárias, da Flos, por Dimlux, completam a composição elegante. Além do viés contemporâneo, os profissionais criaram um paralelo temporal com peças de antiquário, fornecidas por Arnaldo Danemberg, como móveis de meados do século 19, que trazem à tona uma prosa rica em memória afetiva.


Uma obra de arte aérea, composta por três pedras feitas de material reciclado, foi criada a partir da parceria do designer Domingos Totora e do Estúdio Manus, onde idealizaram de maneira delicada, pequenos elementos poéticos que surgem das rochas e sobrevoam o ambiente. 


Objetos feitos à mão, como vasos de barro, poltrona de palha trançada, da Loja Téo, e o tapete de tear manual, da By Kamy, também criam uma sensação mais intimista e aconchegante.

Outra colaboração do escritório com o Estúdio Manus se apresenta por meio de tecidos tingidos à mão, dispostos na altura do teto, e que funcionam como uma intervenção de arte cinética: pulsante, macia, e cheia de vida.

Ainda seguindo uma narrativa mais artística, cada coluna presente no terraço conta com uma obra de arte. As faces, desenhos da artista Florian Raiss, foram instaladas de maneira que representassem os amigos da personagem principal, a Aurora, simbolizada, por sua vez, através de uma pintura antiga colocada mais ao fundo.

Fornecedores CASACOR SP – 2018: Lampur – Obra Civil (11) 5051-3873; Dimlux - Iluminação (11) 2364-6940; Brumatti – Marcenaria (27) 2104-9969; Arthus – Marmoraria (11) 4426-6500; Florense - Modulados 0800 970 0053; Parket - Piso (41) 3045-2003; Daniel Nunes - Paisagismo (19) 3295-4447; Líder Interiores www.liderinteriores.com.br; Dpot (11) 3082-9513 | 3063-0113; Arnaldo Danemberg (21) 2236-4574; Loja Teo (11) 3061-3722; Estúdio Manus (11) 99212-2103; Galeria Lume (11) 4883-0351; Galeria Verve (11) 2737-1249

Serviço: 
BC Arquitetos
Tel: (11) 3360-1732 / (21) 2511-5707
Site: brunocarvalhoecamilaavelar.com.br
CASACOR SP
Período: de 22 de maio a 29 de julho
Horário: Terça a sábado, das 12h às 21h/ Domingo, das 12h às 20h
Local: Jockey Club de São Paulo
Endereço: Avenida Lineu de Paula Machado, nº 875 – Cidade Jardim
Mais Informações: www.casacor.com
Facebook:www.facebook.com/casacoroficial
Instagram: @casacor_oficial

Catê Poli e João Jadão ensinam como fazer uma horta em casa.

Paisagistas assinam ambiente Jardim dos Chefs, na 33ª CASACOR São Paulo com espécies comestíveis e temperos.

Saber a procedência dos alimentos é um passo essencial para uma vida mais saudável e, neste contexto, hortas caseiras se tornam cada vez mais comuns dentro de casa, especialmente para quem deseja um prato com alimentos frescos, cheio de nutrientes e livre de agrotóxicos.

Os paisagistas João Jadão e Catê Poli são adeptos da prática e, inclusive, assinam o Jardim dos Chefs, na 33ª edição da CASACOR São Paulo, ambiente que traz uma horta especial feita em homenagem aos consagrados chefs Janaína e Jefferson Rueda, sócios do Bar da Dona Onça, A Casa do Porco e Hot Pork.

Foto: Evelyn Müller

No espaço de 250 m², João e Catê apostam em um jardim funcional e sustentável, a partir de uma composição completa de folhagens e espécies tropicais, assim como uma seleção de árvores frutíferas, flores comestíveis e uma horta com temperos plantados diretamente na terra.

Com todos os benefícios para a saúde, João e Catê ainda garantem que ter uma horta em casa é uma ótima atividade para toda a família: “Plantar, cuidar, ver o crescimento do alimento até o momento em que ele está no prato é muito especial e toda a família pode participar e vivenciar este processo”, conta Catê Poli.

Vale ressaltar ainda, segundo os profissionais, que não é nada difícil ter uma horta em casa. “É claro que é preciso dedicar certo cuidado, principalmente, com o cultivo, entender o que cada espécie precisa, mas com o tempo você acaba pegando o jeito”, explica João.

Para quem deseja começar sua própria horta, com temperos, ervas e chás, e se aproveitar todos os benefícios dos alimentos feitos em casa, preparamos um guia com todas as dicas dos paisagistas. Confira:

1. Onde plantar?

A falta de quintal não é desculpa para não se ter uma horta em casa. Segundo os paisagistas, a plantação pode ser feita em qualquer cantinho, desde que tenha uma boa iluminação natural. “É imprescindível que o espaço receba a luz solar por cerca de 2 a 4 horas por dia para que a planta cresça de forma saudável”, conta Catê.

Em relação à plantação, a dupla afirma que pode ser feita diretamente na terra ou em vasinhos. Já João Jadão alerta que, na hora de plantar em vasos, eles precisam ter, no mínimo, 30 x 30 cm. “Os vasos pequenos não tem terra, nutrientes e nem umidade suficiente e, por isso, não duram muito”, explica.

2. O que plantar?

Para os iniciantes, João Jadão afirma que os legumes e hortaliças têm um difícil cultivo e que a melhor opção é começar por temperos como manjericão, alecrim, salvia, capim-limão, orégano e tomilho.

No caso do manjericão, por exemplo, é possível plantar a semente ou pegar ramos de plantas adultas, sendo ideal plantá-lo em temperaturas quentes. “A irrigação deve ser feita todos os dias para que o solo esteja sempre úmido e as folhas podem ser colhidas em cerca de dois meses”, indica Catê.

Já o alecrim, as regas são mais frequentes no início do plantio e devem ficar mais espaçadas com o passar do tempo. “Após três meses, já é possível colher, mas não retire todo o ramo para não prejudicar o crescimento dos demais”, explica a paisagista.

3. Outros cuidados

Para que o plantio e colheita sejam satisfatórios, os paisagistas ainda alertam que é preciso ter uma terra bem adubada e com boa quantidade de matéria orgânica. “Ela precisa estar solta e não pode ser argilosa ou arenosa para que as plantas nasçam bonitas e bem desenvolvidas”, explica João.

Além disso, o tempo de colher depende de cada espécie, mas não esqueça  de regar, afofar e, se preciso, usar defensivos naturais para evitar possíveis pragas. “Temos alguns feitos com fumo que caem super bem nessa missão e não agridem”, conta Catê.

Serviço: CASACOR SÃO PAULO
Jardim dos Chefs
De 28 de maio a 04 de agosto 2018
Jockey Club de São Paulo. Av. Lineu de Paula Machado, 875, São Paulo, SP
www.casacor.abril.com.br

Sobre Catê Poli: Arquiteta e urbanista de formação e paisagista desde seu primeiro estágio em 1990, Catê Poli atuou em diversos escritórios de São Paulo até se lançar em trabalho solo em 1998. No escritório Catê Poli Paisagismo, elabora projetos de paisagismo e arquitetura de exteriores – desde uma pequena varanda de apartamento até grandes fazendas e haras. Esteve presente nas edições 2007, 2008, 2011 e 2018 da CASACOR São Paulo. Catê é atualmente colunista do site da revista Casa e Jardim e do portal Paisagismo em Foco.
(11) 3774-5944 | www.catepoli.com.br
paisagismo@catepoli.com.br
@cate_poli_paisagismo

Sobre João Jadão: Paisagista especializado em arquitetura da paisagem, João Jadão criou em 1987 a empresa Planos e Plantas. Tem expertise tanto na área de projetos quanto em execução de jardins de pequenos a grandes portes. Além de trazer no currículo diversas premiações nacionais, o escritório, em 2015 e 2016, assinou projetos vencedores internacionalmente, em Portugal e Espanha. É a quarta vez que João Jadão participa da CASACOR São Paulo, e atualmente responde como vice-presidente da Associação Nacional de Paisagismo (ANP).
(11) 3263-0360 | www.planoseplantas.com.br
joaojadao@planoseplantas.com.br
@joaojadao.paisagismo

quinta-feira, 4 de julho de 2019

Casa Dendê Duratex: Nildo José foge de estereótipos com seu projeto na CASACOR SP 2019.

O arquiteto baiano desenvolveu uma casa com arquitetura fluida e minimalista em parceria com a Duratex  

Inspirado e guiado pela excelência que seu trabalho vem conquistando desde sua primeira participação em CASACOR São Paulo, Nildo José, arquiteto prodígio que em apenas 5 anos de escritório já se consolidou como uma das principais marcas da arquitetura brasileira, chega em clima festivo na edição deste ano da mostra, onde assina a ‘Casa Dendê Duratex’, parceria com a fornecedora de soluções em painéis, pisos laminados, vinílicos e rodapés que, participa também, do nome. O evento, que acontece no Jockey Club de São Paulo, leva como temática ‘Planeta Casa’.


Realizando sua primeira construção de uma residência completa, Nildo idealizou um projeto de 155m² com ambientes fluidos e minimalistas. Englobando living, cozinha com sala de jantar, pátio com uma árvore ao meio e máster suíte, a casa foge de fórmulas prontas e do estereotipo da Bahia colorida, entretanto, expressa, em todos os detalhes, a ligação especial do arquiteto com sua terra natal de maneira sóbria, rica em arte, bossa e poesia. 


Procurando transmitir uma essência elegante e ao mesmo tempo rústica, o profissional projetou uma arquitetura limpa, abundante em traços retos, com curvas pontuais que fazem analogia ao recôncavo baiano. A fachada, por exemplo, se expressa por meio de um rasgo estratégico, uma brincadeira volumétrica com luz e sombras, que evidencia a expertise técnica do arquiteto. Ao adentrar na residência, uma lâmina de mármore com sal grosso, com 15 metros de extensão e iluminada por uma fita de LED, dá as boas-vindas aos visitantes e remete ao misticismo baiano de maneira criativa e sutil. 


Ainda na entrada, o pórtico, que nasce deste volume de pedra, e revestido pelos painéis de madeira Duratex, foi desenhado em formato de côncavo, criando uma ilusão de ótica que confunde o plano vertical com o horizontal.  O arquiteto, que sempre usou marcenaria em nuances claros na criação de seus projetos, inova ao apostar, pela primeira vez, em cores escuras, em especial na tonalidade Trancoso, a qual lembra o Jacarandá da Bahia, árvore de tronco obscuro e resistente.  Além disso, o revestimento em cimento queimado das paredes, na cor linho, cria um contraste interessante com a madeira e faz forte referência ao estilo leve e simples das casas de praia baianas.


No interior, o piso de pedra natural compõe o visual junto de grandes panos de vidro, instalados nas divisas do jardim de ‘Espadas de São Jorge’ - assinado por Bia Abreu – fazendo, assim, mais uma referência ao místico baiano e trazendo o sol e a paisagem para dentro da casa, uma forma de recriar a cor e o calor nordestino. O teto, por sua vez, conta com um recorte zenital, comumente conhecido como claraboia, protegido por um vidro especial, que controla os raios solares, e um muxarabi, que peneira a luz e que foi escolhido por ser um elemento da arquitetura baiana que permite a ventilação do ambiente, fator importante por conta das altas temperaturas da região. 


Esse elemento arquitetônico também se faz presente na construção do banheiro e da cozinha. Instalados em uma espécie de caixa central, feita do material, os cômodos podem se tornar invisíveis apenas fechando as portas pertencentes à esta microarquitetura. Um lounge, com quatro poltronas, divide espaço com a mesa de jantar, ou ilha gourmet, desenhada por Nildo, o qual criou uma releitura de um design original do francês Joseph Dirand. A maioria dos tecidos, tramas e tapetes, foram trazidos da Bahia e confeccionados pelo tear manual tradicional do estado, parecidos com os que constituem as redes de descanso. 


No living, uma grande prateleira desenhada pelo escritório em parceria com a Florense, toma conta de uma das paredes exibindo garrafas de cachaça decoradas com areia da Bahia, fazendo analogia ao passado colonial do recôncavo de forma sutil. Obras de Célia Euvaldo, Karin Lambretch, Zé Rufino, Marcia Thompson, Sidney Amaral, Junior Suci e Ulysses Boscolo, assim como peças de artesanato, como ex-votos da Galeria Estação, ajudam construir a prosa singular e contemplativa da Casa Dendê Duratex. 


Na suíte, outro destaque do projeto é o lançamento dos metais brancos da Deca, feitos especialmente para o profissional. O jogo de lençol e duvet de linho branco assinados pela Casa Moysés dão um toque refinado à cama e coroam a sofisticação do ambiente. 

A casa inspira uma natureza onírica por meio da abundância de texturas puras, onde a composição e combinação de distintos elementos conferem uma essência harmônica, que transcende design, e que constitui um projeto rico em samba, além de conversar com o universo que Nildo José considera como seu planeta casa. 

Fornecedores: Telefone Duratex (11) 3179-7006; Florense (11) 3062-8188; Etel (11) 3064-1266Dpot; (11) 3082-9513; Dom Daqui Tapetes (11) 3253-0304; Pagliotto Pedras (11) 5041-5288; Montblanc Pedras (11) 3654-4676; Brasigran (27) 2124-4700; Neobox (31) 3541-6259; Novo Ambiente; (11) 3062-3351 Vidros Queiroz; (11) 3106-1230; Vivix Vidros 0800.2001222;UniflexCidadeJardim(11)23876168;CaesarStonehttps://www.caesarstone.com.br; Cerâmica Atlas (19) 3673-9600; Deca 3088-2744; Dpot Objeto (11) 3063-5484; Casas Moyses 0800 723 7222; Saccaro; (54) 4009.3600 Marcenaria Terra Contemporânea; (19) 3203-3700 Luminata 11 97567.7646 Brilia (11) 5180-5570; LG 4004 5400; Protecnica  (11) 3855-2828; Tresuno (11) 4806-0475; Bia Abreu Paisagismo (11) 98340-3840; JRJ Tecidos (11) 3060-2777; Quaker Tecidos (11) 3062-5261Camicado (11) 3587-8633; Galeria Raquel Arnaud (11) 3083-6322; Galeria Nara Roesler (11) 2039-5454; Galeria Estação (11) 3813-7253; Galeria Base (11) 3073-0295; Janaina Torres Galeria (11) 3064-1507 Junior Suci (11) 2373-2999

Nildo José 
Tel: (11) 2500-5975 
Site: www.nildojose.com

CASACOR São Paulo 2019
Data: 28 de maio a 04 de agosto de 2019
Horários: Terça a sábado e feriados, das 12h às 21h. Domingo, das 12h às 20h.
Local: Jockey Club de São Paulo - Av. Lineu de Paula Machado, 1075 - São Paulo/SP 05601-001
Mais Informações: www.casacor.com
Facebook:www.facebook.com/casacoroficial
Instagram: @casacor_oficial