quinta-feira, 25 de abril de 2019

Com pé-direito alto e mezanino, apê se torna refúgio da família nas mãos da arquiteta Karina Korn.

Os revestimentos roubam a cena e decoram trazendo a sensação de conforto, a começar pelos tijolinhos que cobrem todo o pé-direito.

(Foto: Eduardo Pozella)

Um lar perfeito é aquele onde todos os familiares se sentem confortáveis e abraçados pela arquitetura de interiores. Foi pensando nisso que a arquiteta Karina Korn, do escritório que leva seu nome, projetou esse apartamento duplex para mãe, pai e dois filhos pequenos.

O primeiro passo foi criar um living integrado que representasse bem a família, com os elementos certos para receber os amigos do casal e das crianças. Como os pais adoram cozinhar, uma área gourmet se tornou prioridade no projeto.

Um lar perfeito é aquele onde todos os familiares se sentem confortáveis e abraçados pela arquitetura de interiores. Foi pensando nisso que a arquiteta Karina Korn, do escritório que leva seu nome, projetou esse apartamento duplex para mãe, pai e dois filhos pequenos.

O primeiro passo foi criar um living integrado que representasse bem a família, com os elementos certos para receber os amigos do casal e das crianças. Como os pais adoram cozinhar, uma área gourmet se tornou prioridade no projeto.

(Foto: Eduardo Pozella)

A arquiteta aproveitou o pé direito alto para criar o espaço gourmet, com direito à churrasqueira, ilha e até uma torneira de chope com um desenho especial para o morador: “O décor tem alma e diz muito sobre os donos da casa. Na diversão da residêmncia, que é o espaço gourmet, buscamos inserir o símbolo do time do coração de um deles!”, conta Karina.

Nesse mesmo espaço, começa o show de revestimentos que é esse apartamento. Bricks rústicos sobem pela parede, cobrindo a extensa altura do pé-direito. Os móveis ali são contemporâneos, acabados em laca cinza. Prateleiras de madeira enriquecem o décor, passando pela parte de cima dos armários e portas abrigando plantas e quadros.

(Foto: Eduardo Pozella)

Na sala de jantar subsequente, o pé-direito alto foi preenchido com nichos e um pendente impactante. A mesa de madeira grande é o lugar perfeito para reunir quem se gosta em almoços e jantares animados, de frente às janelas extensas. O papel de parede completa esse décor com seu desenho discreto, mas que faz toda a diferença.

(Fotos: Eduardo Pozella)

Ao lado, uma escada de madeira com degraus suspensos ocupa um cantinho com aparência zen e revestimento 3D. Com muito estilo, abre caminho para o home theater, um refúgio principalmente para as crianças assistirem aos seus desenhos favoritos. Ele conta com um agradável sofá modular e um tapete de fios grossos, longos e aconchegante. A estética espelha a dos móveis da sala de jantar, com nichos em tons de cinza e o mesmo papel de parede.

(Foto: Eduardo Pozella)

Voltando para o andar inferior, encontramos a sala de estar com um longo sofá branco e poltronas auxiliares. Ali, um nicho da parede ganhou uma estrutura sob medida que se tornou bar, com direito à adega climatizada para vinhos.

(Foto: Eduardo Pozella)

O hall também é especial. Nesse espaço, habita um móvel de apoio vermelho criado pela arquiteta. Bolsas, lenços, chaves e mochilas podem ser colocados ali, facilitando a rotina dos moradores.

(Foto: Eduardo Pozella)

A entrada do elevador e o lavabo mantém a mesma unidade visual, com papel de parede floral – e esse último ambiente tem a porta disfarçada por um painel de madeira ripado, funcional e com sensação visual quente e confortante em meio à paleta de cinzas.

(Foto: Eduardo Pozella)

Na cozinha, ladrilhos hidráulicos em tons neutros conquistam por seus desenhos.

Sobre Karina Korn Arquitetura: O amor por arquitetura e decoração levou Karina Korn a uma jornada de 23 anos dando forma a residências, lojas, consultórios e restaurantes – tanto no Brasil, quanto internacionalmente, com projetos reconhecidos em Tel Aviv e Miami. Formada em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, Karina também se especializou em decoração e design gráfico pela Escola Panamericana de Artes. Seu vasto portfólio conta com passagens em diversas edições da CASACOR, e mostras como a CAD Brasil, Artefacto e Favorita, além de ações sociais no Projeto Casa da Criança, contribuindo para a transformação de abrigos e creches infantis.

Prioriza sempre o excelente atendimento ao cliente junto à sua equipe multidisciplinar, do projeto ao acompanhamento das obras. Para ela, arquitetura e decoração são muito mais que projetar – significam realizar sonhos.

Karina Korn Arquitetura
Tel. (11) 98848-6858 / (11) 98849-9669
Blogger Tricks

segunda-feira, 15 de abril de 2019

Lofts: quais as características e como decorar este tipo de apartamento.

Inspirada em seus projetos de lofts, a arquiteta Carina Korman, do escritório Korman Arquitetos, dá dicas para a escolha dos móveis e do estilo de décor.

 Projetos da Korman Arquitetos| Fotos: JP Image

Uma versão da história da arquitetura conta que o loft nasceu nos traços do arquiteto francês Le Corbusier, que projetou nos anos 1920 apartamentos com pé-direito duplo e ambientes amplos, banhados por luz natural. Mas foi nas décadas de 1960 e 1970 que o loft virou tendência. Atraídos pelo custo mais baixo, muitos artistas se mudaram para antigos galpões comerciais ou industriais no bairro do SoHo, em Nova York, e os transformaram em residências com ambientes integrados e estética industrial.

No Brasil, loft é sinônimo de um apartamento espaçoso, sem paredes divisórias, com pé direito duplo, janelas grandes e mezaninos. Por esses atributos, muitos dizem que é preciso ter um certo estilo de vida para morar em um loft. Mas a arquiteta Carina Korman, do escritório Korman Arquitetos, explica que o principal fator é que a pessoa se adapte à planta integrada. “O morador precisa gostar de espaços abertos, principalmente da cozinha conectada à área social. Acredito que existe um perfil: alguém organizado, já que tudo fica mais exposto, e que goste de receber, pois o loft proporciona a interação entre os espaços e as pessoas.”

Alguns materiais como os tijolos aparentes, seja em sua versão original ou pintados de branco, são característicos dos lofts. O concreto aparente, o cimento queimado e os ladrilhos hidráulicos também aparecem bastante neste tipo de projeto, além das tubulações elétricas e hidráulicas à vista.


Mas a aparência que remete aos galpões nova-iorquinos não limita as opções para o décor de um loft. “Ele tem um estilo mais industrial por causa de sua origem, mas não é uma regra. A decoração de um loft varia de acordo com a personalidade do morador. Ele pode ter até um décor clássico”, afirma Carina. Neste projeto, no bairro dos Jardins, em São Paulo, a profissional criou ambientes leves e com toques de cor. Para isso, os tijolinhos foram pintados de branco, clareando o espaço, e o mobiliário ganhou peças em rosa, verde menta e amarelo claro.


Mesmo com diversas possibilidades para o estilo de decoração, é preciso ter atenção na escolha dos móveis. “Como os ambientes são integrados, vale apostar em móveis versáteis, que tenham mais de uma utilidade”, aconselha a arquiteta. Um banco na mesa de jantar, que pode ser usado também para acomodar mais convidados na sala de estar, ou uma peça que funcione tanto como mesinha quanto como banco são algumas ideias aplicadas pelo escritório.

Sobre a Korman Arquitetos: Korman Arquitetos é mais que um escritório. Representa a geração de arquitetos que levam a marca dos projetos assinados há mais de 35 anos. Formado pelo casal Silvio e Ieda Korman, hoje tem na equipe a força de Carina Korman e, em equipe, assinam projetos residenciais, comerciais e de hotelaria – tanto no Brasil, como também no exterior.

Korman Arquitetos

Rua Groelândia, 1877, Jardim América, São Paulo

Tel.: (11) 3060-8313


sexta-feira, 5 de abril de 2019

Cinco sentidos inspiram Debora Aguiar na Mostra Artefacto.

A arquiteta Debora Aguiar participa da Mostra Artefacto, aberta ao público desde 18 de março, no showroom da Rua Haddock Lobo. Referência em decoração e design, a mostra traz para a edição 2019 o tema "cinco sentidos" como inspiração para a criação das ambientações.

Com 90m², a arquiteta pensou em um ambiente que prioriza as áreas sociais como living e sala jantar permeados por um jardim. Um espaço claro, leve e, ao mesmo tempo, sofisticado, que traz uma proposta eco-luxury explorando os contrastes entre madeiras lavadas e fibras naturais clareadas em tramas diversas, junto aos couros, vidros e detalhes em metal. 

Créditos de Imagem: Evelyn Muller

Fazendo um jogo de transparências, que "vedam, mas não velam", um precioso biombo em fibra com trama exclusiva divide sutilmente a área de estar do jantar. Um grande pórtico de madeira clareada abraça e demarca a área longitudinal onde há um jardim e também setoriza as áreas de passagem.


Uma estante minimalista leva arte em forma de pequenas coleções para a área de jantar, com prateleiras flutuantes em metal e fundo em couro, onde aparadores em vidro e tora de madeira são dispostos simetricamente no ambiente. A colocação do aparador sobre o jardim e o jogo de iluminação levam ao espaço a poesia almejada. Obras de arte como esculturas em mármore e metal buscam a vitalidade e a sofisticação, com delicadeza, jovialidade e atemporalidade.


Living com sofás dispostos em curva formam um grande abraço para quem chega. As paredes são revestidas com colunas de madeira clareada numa disposição que alterna painéis em couro e em espelho, com iluminação indireta que confere um clima mais intimista ao espaço.

Luminárias de piso desenvolvidas especialmente para o ambiente, com assinatura da arquiteta, são dispostas proporcionalmente opostas por trás das curvas dos sofás. Um par de esculturas de mármore e floreiras com folhagens complementam a ambientação com perfeição.


Nesta composição de sofás curvos, um par de chaises em fibra clareada convidam ao relax e delimitam o estar junto ao biombo com painéis em trama exclusiva clareada e vazada com design de Debora Aguiar.

O jantar é composto por uma mesa em tampo de granilite com pés em metal rosê, cadeiras em couro branco e pendente que arquiteta criou exclusivamente para o projeto. Esses elementos fazem conjunto com os aparadores em tora e vidro, onde esculturas de metal atirantadas presas no teto parecem flutuar sobre eles. Um grande pórtico em madeira clareada delimita todo o espaço no sentido longitudinal trazendo amplitude.

Sobre Debora Aguiar: Sob o conceito de uma vida que prima bem-estar, conforto, aconchego e natureza, Debora Aguiar projeta, há mais de 20 anos, esse modo de vida em residências, hotéis, escritórios, restaurantes e outros ambientes corporativos e comerciais, além de apartamentos e casas decoradas no Brasil e outros países.

O seu estilo próprio de projetar espaços pensando no convívio, na circulação, na privacidade de quem habita ou trabalha, no lazer e descanso e em soluções ecologicamente corretas - tendo plantas, árvores e flores sempre presentes nos ambientes - transformou-se em uma marca registrada da arquitetura e design de interiores nacional e internacional.

A curadoria das obras de arte também é outro grande diferencial nos projetos de Debora. Especificadora de telas, esculturas, instalações e fotografias, a arquiteta busca a sintonia perfeita entre os elementos do espaço, a história dos moradores e suas paixões por livros, coleções e artes. E em cada projeto, busca criar uma história e uma linguagem para a seleção de cada objeto ou peça.

Mostra Artefacto 2019
Data: A partir de março de 2018
Horário: segunda a sexta-feira, das 11h às 18h; sábados, das 10h às 18h.
Endereço: Rua Haddock Lobo, 1.405. Tel.: (11) 3087-7000

Debora Aguiar
www.deboraaguiar.com.br
Rua Canadá, 139 – Jardim América – São Paulo.
Tel.: (11) 3889-5888

sábado, 30 de março de 2019

Bons motivos para conhecer o La Réserve Paris.

Apreciar uma vista deslumbrante enquanto saboreia um cuidadoso prato elaborado por um chef com estrela Michelin, pouco ruído, muito sabor. Assim é um dia comum na vida de um hóspede do La Réserve, em Genebra, ou talvez melhor dizer que assim é a vida de quem se hospeda em qualquer um dos hotéis idealizados por Michel Reybier, quem sempre teve o desejo de administrar um portfolio de propriedades que oferecessem aos visitantes a sensação de serem recebidos como se estivessem em casa. 

Os três hotéis do grupo; em Paris, Ramatuelle e Genebra, possuem as mesmas características de atendimento impecável e preocupação com o bem-estar do hóspede. 

E os ambientes íntimos com instalações de última geração conseguem preservar as características históricas do imóvel que garantem verdadeiras experiências de lifestyle. Vamos dividir estes lindos hotéis em três posts, já que é muita beleza a ser colocada em somente um post. Vamos começar pelo La Réserve Paris.


Um prédio do século 19 localizado na Avenue Gabriel, próximo a Champs-Elysées e dos principais pontos turísticos de Paris. Foi esse o local escolhido para abrigar esse charmoso La Réserve Paris – Hotel & Spa com localização nobre na Cidade Luz.


Ao todo são 26 suítes e 14 quartos disponíveis para os hóspedes desfrutarem, além de restaurantes, bares, biblioteca, spa Nescens com três salas de tratamento, adegas nas suítes e um privilégio para poucos em Paris: uma piscina interna.


Diferentemente dos tradicionais hotéis palacianos 5 estrelas da cidade, o La Réserve Paris é uma mansão urbana privativa, muito elegante e bem decorada por Jacques Garcia, e que não dispõe de uma recepção tradicional propositalmente para que os visitantes sintam-se como se estivessem entrando em casa. Quem chega ao prédio é recebido no salão Louis XV e levado a sua acomodação imediatamente, para garantir só as melhores sensações.


O destaque fica por conta do restaurante Le Gabriel que já recebeu 2 estrelas do Guia Michelin e apresenta uma cozinha francesa contemporânea imperdível. Além disso, as igualmente autênticas opções de passeio que vão desde uma tradicional e romântica noite em Paris até um denominado "Behind the Scenes", onde são revelados alguns dos mistérios e cantos escondidos da cidade.

quarta-feira, 27 de março de 2019

Inspiração oriental aguça os sentidos no loft de Patrícia Penna para a 28º Mostra Artefacto.

Arquiteta combina elementos urbanos e naturais em seu loft de 120 m², estimulando visão, toque, audição e olfato em uma experiência inesquecível

(Foto: Marco Antônio)

A parede sinuosa é um dos primeiros detalhes que intriga o olhar no loft assinado pela arquiteta Patrícia Penna para a 28° Mostra Artefacto, que estará de portas abertas a partir de 16 de março de 2019, na charmosa Rua Haddock Lobo, em São Paulo. Divididos em living, sala de jantar e suíte, os 120 m² revelam várias referências orientais, trazendo, sobretudo, uma decoração atemporal e essencialista, que destaca o tema da mostra, “5 Senses". “Nos últimos dois anos atendemos a propostas de estilo mais clássico, uma vez sob o tema da moda, em homenagem ao estilista Sandro Barros, e outra inspirada no cinema de Fellini. Desta vez, apostamos numa atmosfera mais contemporânea, traduzindo a conexão entre o moderno e o orgânico. Nosso loft faz um resgate à essência do ser humano e a busca por aconchego”, afirma Patrícia.

A arquiteta tirou partido da produção artesanal que permeia os sentidos: linho, madeira, camurça e couro são apenas alguns dos materiais que incitam a visão e o tato. No living, os móveis intercalam-se em volumes distintos. A mesa de centro é componível, formada por módulos que se sobrepõem, enquanto uma poltrona de balanço envolve quem senta com assento e encosto de estilo ripado. Ao fundo, em destaque, estantes modulares de design leve emolduram o cenário sensorial, abrigando plantas e acessórios.

(Foto: Marco Antônio)

A paleta cromática do loft reside em duas nuances elegantes, cinza esverdeada e areia. A partir desse duo, Patrícia buscou estimular a visão com a alternância de claro e escuro, agregando outras pinceladas de cor em obras de arte e objetos.

(Foto: Marco Antônio)

No quarto, um desenho delicado na parede e a cabeceira de fibra natural roubam a cena. A trama acinzentada desta última representa com perfeição a sobreposição de urbano e natural que Patrícia procurou retratar com suas escolhas. Separado da suíte com a ajuda de bancada de mármore, vidro e espelho, o banheiro com é um convite ao relaxamento.

Todas essas seleções precisas para acolher e confortar os sentidos de quem visita o loft são arrematadas pela iluminação estratégica. Com uso do Tensoflex na iluminação, trouxeram ao espaço a sensação de luz natural. “Mais uma vez participo da Mostra Artefacto, criando um espaço que eu adoraria frequentar e me gratifica tanto como usuária quanto como arquiteta”, completa Patrícia.

Sobre Patrícia Penna: No mercado há mais de 20 anos, a arquiteta Patrícia Penna é destaque de mostra de decorações no Brasil e no exterior. Com a equipe multidisciplinar que faz parte do escritório Patrícia Penna Arquitetura & Design, cria projetos arquitetônicos residenciais, corporativos e institucionais, além de projetos de design de interiores. 

Seu principal objetivo é atender às expectativas de cada cliente, traduzindo seus anseios e concretizando-os. Transitando por estilos variados, trabalha com grande apuro e cuidado ao lado da equipe para atingir um resultado marcado pelo ecletismo e, sobretudo, pela identificação particular de cada cliente com o seu próprio projeto.

Patrícia Penna Arquitetura & Design
Rua Armando D’Oliveira Cobra, 50, sala 1914 – São José dos Campos
(12) 3209-9785
www.patriciapenna.arq.br
@patricia_penna_arquitetura

Mostra Artefacto Haddock Lobo
Rua Haddock Lobo, 1.405 / São Paulo / SP
Tel. (11) 3087-7000
Aberta ao público a partir do dia 16 de março
De segunda-feira à sexta-feira, das 10 às 19h; sábado, das 10 às 18h

Fornecedores:
Automação e sonorização: DAS Automação; Execução e acompanhamento de obras: VPR Engenharia; Iluminação: Iluminare e FAS; Louças, metais e porcelanatos: Roca; Marcenaria: Alfa Marcenaria; Marmoraria: Dorym; Metais, acessórios e mobiliário para banheiros: Interbagno; Obras de arte: Sergio Gonçalves Galeria; Peças de prata: St. James; Pintura Artística: Lanó Art; Piso de madeira: Rodape.com; Revestimento da parede: Terracor, por “Toque Final”; Tintas especiais: Sayerlack; Roupa de Cama: Charada Conceito; Tapetes: Kian; Vidros e espelhos: Directglass; Atelier de Costura – costuras especiais: Tafetá; Peças de decoração: Christiane Brito Maison e 6F Decorações; Papeis de parede e persianas:  Persiana&Cia

segunda-feira, 18 de março de 2019

4 cozinhas personalizadas para o viver contemporâneo, assinadas pela Korman Arquitetos.

Espaços integrados, marcenaria sob medida e materiais de fácil manutenção atendem as necessidades do dia a dia das famílias
Com a retomada do hábito de cozinhar e o desejo de receber família e amigos em torno do fogão, a cozinha consagra-se, definitivamente, como o coração da casa. Para acompanhar o estilo de vida contemporâneo, os projetos para cozinhas exploram a integração com as salas de jantar e estar, além de apostar em marcenaria sob medida para as necessidades do morador e materiais que têm a praticidade como ponto forte. Confira quatro cozinhas assinadas pelo escritório Korman Arquitetos, onde as soluções criativas são protagonistas.


Marcenaria para deixar tudo à mão

Projeto: Korman Arquitetos | Fotos: JP Image


A moradora do loft adora cozinhar para os amigos e a família. Para criar a cozinha dos sonhos, a arquiteta Carina Korman alterou o antigo layout em L ao acrescentar a ilha com cooktop. Na marcenaria, os temperos e grãos relacionados à alimentação saudável ganharam prateleiras exclusivas para deixá-los à vista. Pensando na organização das louças e no cantinho do bar, o escritório se inspirou em modelos antigos e desenhou o bufê de laca verde clara com vidro e pés de ferro. Clara e generosa, a mesa de jantar é rodeada por trios de cadeiras, com cores diferentes em cada lateral, e um banco estofado.

Soluções para poucos metros quadrados


Projeto: Korman Arquitetos | Fotos: JP Image

Na cozinha deste loft masculino, o escritório destaca suas soluções para espaços pequenos. De madeira preta, a porta de correr esconde a pequena área de serviço, que abriga tanque, máquina de lavar e boiler de aquecimento. Quando aberta, a porta cobre a geladeira. Na bancada, as cadeiras Panton, do designer dinamarquês Verner Panton, deixam a área de refeições informal e despojada. O móvel, que aproveita bem o espaço sob a escada, recebe as louças.
Cozinha moderna e funcional


Projeto: Korman Arquitetos | Fotos: Gui Morelli

Na cozinha deste apartamento, a pequena ilha central atende ao hobby da moradora, que adora preparar refeições para seus convidados. Priorizando a praticidade, as arquitetas Ieda e Carina Korman escolheram o aço inox como revestimento da bancada. A marcenaria combina acabamentos em pintura cinza claro e vidro turquesa. Para favorecer o ambiente, a iluminação indireta foi posicionada em vários pontos do forro.
Integrada ao estar

Projeto: Korman Arquitetos | Fotos: Gui Morelli

Para atender ao pedido dos moradores por ambientes integrados, a cozinha é conectada à sala de estar, com o uso do mesmo piso. Nos armários, produzidos com laminado melamínico, predominam a variação do preto e vidro cinza. A mesa de vidro ao centro, que chama atenção por sua altura, foi escolhida para trazer leveza. O objetivo é que, durante uma refeição e outra, os proprietários possam desfrutar da vista geral do apartamento de 150 m².

Sobre a Korman Arquitetos: Korman Arquitetos é mais que um escritório. Representa a geração de arquitetos que levam a marca dos projetos assinados há mais de 35 anos. Formado pelo casal Silvio e Ieda Korman, hoje tem na equipe a força de Carina Korman e, em equipe, assinam projetos residenciais, comerciais e de hotelaria – tanto no Brasil, como também no exterior.

Korman Arquitetos
Rua Groelândia, 1877, Jardim América, São Paulo
Tel.: (11) 3060-8313
www.kormanarquitetos.com.br