sexta-feira, 4 de maio de 2012

Pequeno Stress no Trânsito.

Bom dia meninas!!

Tudo bem com vocês? Nossa acabei de passar por uma que tinha que ser postada. Me senti naquele comercial em que a moça diz que seu dia feliz é saber que o marido é "barbeiro". Achei ótima por sinal. 

Mas não se refere ao meu marido, mas a um moço bem mal humorado que fez mil e uma coisas erradas e ainda saiu xingando. Pode???

Fui na padaria (adoro, agora vocês já sabem porque não emagreço, a padaria perto de casa é boa) e fiquei lá aguardando uma vaga (aquela paciência de Jó, como dizem os antiguinhos e religiosos) e um moço (nada educado) sai com o carro. Achei que ele estava saindo, era meio obvio. Aí o moço desce do carro e começa a conversar com um outro (normal).

Dei uma ré e fiquei aguardando outra vaga (que não aparecia) aí então o moço terminou sua conversa e no mesmo momento ficou uma vaga livre ao lado do seu carro.

Adivinhem o que o mocinho fez? Saiu na contramão parou na minha frente para atender o celular (ainda na contramão) e eu aguardando a vaga. 

E quando dei sinal para sair ele saiu na mesma hora e ainda me xingou de todos os nomes possíveis e imaginários.

Pode??? Será que o cara acordou mal ou é assim mesmo? De vez em quando aparece uns "encostos" desses em nosso caminho, não adianta. Então para esquecer, estou postando de novo um desenho que postei há muito tempo atrás no blog em um desses dias que vi uma coisa dessas (mas nem era comigo, e fiquei horrorizada) só para rir um pouco.

Acho esse desenho (inocente) perfeito para desabafar. Quanto aos motoristas (sem generalizar, não são tantos, ainda bem) é bom relembrar sempre. 


Lógico que também fico irritada com trânsito, às vezes me sinto exatamente como o Pateta (não sou pura paciência, mas ainda chego lá, estou tentando fazer minha parte). Mas se todos agirmos assim no trânsito já imaginaram como vai ser?? Aí ninguém mais se entende mesmo!! 

Quem algum dia também já se sentiu assim (ou ainda age assim) não se preocupe que é fase, uma hora passa com certeza. Mas rir um pouco é o melhor remédio para essas coisas, é bom porque não fica guardado em nossos pensamentos. Não acham??

Bjos,

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário. Bjs.