quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Exposição Lady Dior.

Olá!!!

Como vocês já sabem, sempre gostei de indicar boas exposições aqui no blog e esta não podia ficar sem um post, já que como também gosto de moda, esta une arte e moda. É uma exposição muito legal da Dior que estréia na próxima semana aqui em São Paulo.

A Lady Dior, icônica bolsa da Christian Dior, é tema da exposição ‘Lady Dior As Seen By’ que desembarca no Instituto Tomie Ohtake, em São Paulo na próxima semana.





A bolsa criada em 1995, foi dada como um presente para a princesa Diana na abertura de uma exposição de Cézanne Paul em Paris. 

A princesa se apaixonou pelo modelo e nunca mais largou, foi fotografada diversas vezes com seus modelos, que se tornaram um símbolo de elegância e feminilidade. O amor foi tanto, que a Princesa de Gales encomendou uma de cada versão diferente!




A exposição itinerante traz cerca de 80 obras de arte de artistas de diferentes estilos, como David Lynch e John Cameron Mitchell, que prestam uma homenagem à bolsa em imagens que revelam suas interpretações sobre a icônica bolsa.

Já estreou em Xangai no Museu de Arte Contemporânea em 2011, onde cerca de cinquenta artistas, dentre estes, fotógrafos, mostraram sua visão, após fazer escalas em Pequim e Tóquio, passando depois por Milão em 2012, onde foi exibida até novembro.


A marca sempre teve uma relação forte com a arte, já que antes de alcançar a fama como estilista, Christian Dior foi um colecionador de obras de grandes artistas. Em objetivo comum entre Arte e Dior, Mr. Dior se iniciou 1928 a 1934, com sua galeria de Paris, onde apoiou numerosos jovens artistas, como Alexander Calder e Alberto Giacometti.

As criações da marca sempre tiveram sua forte influência, tanto que algumas de suas peças foram inspiradas por seus pintores favoritos.

Com reinterpretações "Lady Dior" sublinha a paixão da Dior pela arte contemporânea. Independentemente da sua cor ou tecido, ou se representado no cinema ou fotografia, o verdadeiro sucesso da marca, bem como a icônica bolsa, estão provavelmente relacionados à sua elegância. 

Para quem gosta de ler um pouco mais: Sobre a vida de Dior segue uma das fontes utilizadas que conta um pouco de sua vida e influência artística.

Serviço:

Lady Dior As Seen By

Instituto Tomie Ohtake

Aberto ao público de 21 de fevereiro a 10 de março

R. dos Coropés, 88 – Pinheiros São Paulo

De terça-feira a domingo, das 11h00 às 20h00.

Entrada franca.

E então...prontas?

Bjos,

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário. Bjs.