segunda-feira, 4 de março de 2013

Decor do Dia: Quadros.

Olá!!! Faz um tempo que não tem post de decoração aqui (que é o assunto preferido no blog). Não foi esquecido, não se preocupem, e hoje tem dicas super legais para fazer aquela decoração digna de "designer" em casa. 

Quem gosta de quadros? Os quadros são uma ótima opção para deixar a casa mais charmosa. Não acham? Não precisam ser quadros de artistas super renomados e etc, podem ser boas gravuras, fotos de família emolduradas, um momento maravilhoso de família, enfim, o que a sua criatividade mandar.

Quem não tem uma parede livre em casa para brincar um pouco com a criatividade? Na verdade, os quadros também têm sido usados dispostos em cima de móveis ou em um ou em armários.  

Quer boas ideias?

















Algumas das imagens acima são ambientes projetados pelas arquitetas Adriana Naya Almeida, Maria Benito e Juliana Valias (na Casa Cor São Paulo).

Para quem vai pendurá-los na parede: A distribuição dos quadros sempre deve levar em consideração o tamanho da parede, a posição dos móveis e sua quantidade, além da altura do pé direito (distância do chão ao teto). Deve-se buscar o equilíbrio entre os planos preenchidos pela área dos quadros e os espaços vazios. Muitos quadros dispostos na parede podem poluir o ambiente visualmente, assim como a sua falta, pode gerar sensação de vazio. Uma forma muito boa para estudar a composição que você pretende fazer é recortar papéis com o formato do quadro e com fita adesiva fixar na parede. Assim você poderá visualizar como ficarão.



Se existe um elemento marcante no ambiente, como uma mesa de jantar, e você quer pendurar um quadro de tamanho maior, centralize baseando-se neste elemento, pois caso contrário, terá dois pontos focais de forte presença concorrendo no ambiente o que poderá gerar uma sensação de cansaço (psicológico);

Se for criar uma parede apenas com fotografias poderá utilizar molduras com tamanhos diferenciados. O ideal é que quadros maiores sejam usados em paredes maiores e que sejam vistos de longe, para que o observador tenha uma visão geral do seu desenho. Já os menores podem ser colocados em locais que permitam a aproximação para que seus detalhes possam ser examinados.

Dica: Para uma simples martelada não virar um rombo na parede, prenda o prego com um pente. Ele não sairá do lugar e você ainda salva o dedo. 

Se você não quer usar pregos, uma boa ideia é utilizar aquelas fitas adesivas que são encontradas em casas de materiais e decoração (Leroy Merlin, Tok Stok, Etna, entre outras). Estas fitas são bem fáceis de aplicar. Para ajudá-las, abaixo tem algumas sugestões de disposição muito legais:



E então...gostaram?

Beijos,

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário. Bjs.