quarta-feira, 16 de abril de 2014

As principais tendências de moda SPFW Verão 2015.

A moda a cada ano no Brasil, vem amadurecendo seus passos e traços. Após a reformulação no calendário nacional tivemos visíveis melhorias autorais e hoje conseguimos enxergar mais as características brasileiras em cada desfile, e, apesar da constante inspiração internacional, seu Paulo Borges – aqui de forma informal – conseguiu mais uma vez adequar à perspectiva de uma moda globalizada, mas sem deixar de lado o tropicalismo. Não temos muito que dizer sobre a organização do evento, haja vista que foi daí o start da moda nacional foi conduzida e direcionada. Claro, melhorias são sempre bem-vindas e querendo ou não temos sempre que melhorar em alguns aspectos.

Bom, como a crítica não é o foco desta postagem irei abordar de forma bem simplistas quais foram as principais tendências apresentadas na passarela do SPFW. Antes de tudo, muitas pessoas confundem as datas do uso das coleções ora apresentadas. Gente, iremos usar essas roupas efetivamente daqui há seis meses. Então, provavelmente, não vamos encontrar tão cedo nas araras as roupas que veremos abaixo - apesar de muitas marcas estarem reavaliando este conceito devido à necessidade de consumo imediato.
Pois bem, vamos lá: 

Couro, muito couro! As principais marcas abusaram do couro em diferentes formas: ora vasados, ora com corte perfeito, ora quase um objeto de arte. Mas não pense naquela opção pesada com cara de inverno, o material vem mais leve e colorido e em diversas opções para o vestuário.
As formas geométricas vieram mais sutis e quase imperceptíveis em diversas coleções. Até mesmo a grife Glória Coelho que é craque em peças “arquitetônicas” trouxe uma moda mais usual e comercial. Resumindo, linhas e listras ganham novamente forma, mas de forma repaginada e muito mais sofisticada.

Cintura nas alturas! Além de ser constantemente marcada por cintos e afins, a cintura vem no lugar certo ou bem alta. Particularmente adoro esse tipo de silhueta, primeiro porque nos deixa  muito mais elegante e impede que o mico do “cofrinho” à mostra nos pegue. Tomem cuidado apenas com os cintos, se tiver barriguinha saliente procure coordenar com aquele que tenham o mesmo tom da roupa e nada de usar peças largas.
Comprimento Mídi: Não é o tipo de coisa que fica bem em todo mundo - principalmente quem tem menos que 1,70 cm. Também não é unânime no gosto popular. Mas, sim é uma bela releitura e também vem sendo interpretada de forma muito bacana por fashionistas como Miroslava Duma. Então, não tenho muito que falar. Tudo que é polêmica gera curiosidade e curiosidade gera novos olhares e moda. Gostando ou não, o comprimento mídi é hit e ganhou espaço notório na passarela. Veja como usá-lo:
Bom, essas foram as minhas notas sobre as principais tendências da São Paulo Fashion Week. 
Beijinhos e me sigam no instagram @blogdamarcelasouza

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário. Bjs.