quarta-feira, 21 de maio de 2014

Bons restaurantes no Rio de Janeiro para visitar durante os jogos.

Olá!!!!

Faz um tempo que não indico bons lugares aqui no blog, e atendendo a pedidos, como sei que algumas pessoas visitarão o Brasil, e dentre estas, amigos meus, decidi escrever alguns posts com bons restaurantes, lugares legais e que são certeza de boa comida (em São Paulo e Rio de Janeiro).

Como não conheço bem outras cidades onde acontecerão alguns jogos (preciso viajar um pouco mais - hahaha) vou começar com o Rio de Janeiro. Fui algumas vezes para a cidade e, confesso, fiquei encantada em todas!!!

A cidade é lindíssima!!!! Tem um post meu (clique aqui caso queira ver) com um mini roteiro que fiz no ano passado, com dicas de mais dois restaurantes visitados naquele passeio. Escolhi dois restaurantes para começar: a Amélie Creperie e o Irajá Gastrô que fica no Botafogo.

Vamos lá???

Amélie Creperie:

O nome foi inspirado na personagem do  filme francês O Fabuloso Destino de Amélie Poulain e as receitas de galletes e crepes são típicas da Bretanha, criadas pelo chef (também Bretão) Olivier Cozan. O clima é descontraído e aconchegante. A  Amélie Creperie, das sócias Letícia Pimenta e Sálua Buena, que abriu suas portas em março, levou um pouco da atmosfera e do charme dos bistrôs  franceses para o Shopping da Gávea. O restaurante vende também os maravilhosos macarons, chocolates e sorvetes da Paradis Délices Français, que podem ser consumidos no local ou levados para casa. “Nós amamos a França e a culinária deste país. Daí a ideia de abrir no Rio uma casa igual as que frequentamos em Paris, inspirada na comida e no art de vivre francês”, explica Sálua.


 A decoração clean, assinada pelo arquiteto Chicô Gouvêa, mescla tons de verde, vermelho e vinho. A grande estrela da casa são os crepes preparados com trigo sarraceno, grão de alto valor nutritivo e que não contem glúten. Mas o cardápio criado por Cozan, que atua como consultor do novo restô, tem também entradinhas, como a Vendôme (cestinhas crocantes de trigo sarraceno com lagostim e molhos de champignon), saladas (Des Vosges,  de figos, melão e presunto Parma e molho de mostarda Dijon) e três opções de ravioles caseiros com recheios de brie, vitela e mozzarela de búfula.

Finíssimo, o crepe bem crocante de tonalidade mais escura, tem recheios especiais criados “comme il faut” pelo chef Olivier Cozan. Exatamente como ele aprendeu na Bretanha.  “Não fiz concessão, os ingredientes são todos típicos de lá”, conta.  

Os crepes doces (maravilhosos!) também ganharam receitas típicas da Bretanha. Além disso, a carta de vinhos oferece boas opções de rótulos franceses em tintos e brancos, como o Yumê Montepulciano D´Abruzzo D.O.C e o Muscadet de Sèvre & Maine Sur Lies e espumantes nacionais. A Cidre Charlotte Corday, um néctar dos Deuses, é servida conforme a tradição Bretã, na xícara. Detalhe: todas as louças foram feitas especialmente para a casa pela Luis Salvador.  “O cardápio é uma viagem gastronômica à Bretanha. Os cariocas vão poder experimentar aqui o que a gente come e bebe lá”, garante Cozan.  

Amélie Creperie:  Av. Marques de São Vicente, 52 - Shopping da Gávea – Loja 112/Telefone: (21) 2249-9153. Aberto de 2ª a 5ª, das 10h às 22h.  6ª e Sáb., das 10h às 23h. Dom., 12h às 22h.  Lugares: 42

Irajá Gastrô:

Com jeito de “casa da gente”, assim é o Irajá Gastrô, restaurante, em Botafogo, comandado pelo premiado chef Pedro de Artagão. Tudo ali foi pensado para fazer com que o cliente se sinta à vontade.  Do lounge com mobília de brechó ao salão com um lindo jardim suspenso ao fundo. E, claro, também a cozinha aparente _ que permite que todos vejam os cozinheiros em ação.  “Eu me sinto como se estivesse recebendo os amigos em casa”, diz Artagão.  

A proposta inédita do chef e seus sócios, Bete Floris e Marcos Werneck, de servir alta gastronomia num ambiente descontraído e com preços mais em conta, deu muito certo.  O restô, que fica num belo casarão tombado pelo Instituto Cultural de Patrimônio Cultural, está bombando, com gente voltando da porta todos os dias.



Com certeza, o que tem atraído tanta gente não é somente o projeto bacanérrimo de decoração assinado pelo arquiteto Maurício Nóbrega. Dos deuses, os pratos criados pelo famoso chef, que comandou durante muito tempo a cozinha do Laguiole, são a estrela da casa. “Minha cozinha é muito autoral, cheia de referências da minha história”, conta Artagão que aprendeu a cozinhar com os pais. 

O chef Pedro de Artagão abriu o Irajá Gastro em dezembro de 2011. No ano seguinte, ganhou os principais prêmios da gastronomia carioca: no Rio Show foi eleito a melhor novidade e na Veja Rio o Chef Revelação. Em 2013 foi novamente premiado pela Veja Rio, desta vez como melhor restaurante contemporâneo.

Em tempo, o restaurante, que abre todos os dias para almoço e jantar, fica na Rua Conde de Irajá, em Botafogo. Pode entrar que a casa é sua!

Irajá Gastrô: Rua Conde de Irajá, 109, Botafogo, 2246-1395 (55 lugares). 12h às 0h30 (seg. a qui.); 12h à 1h30 (sex. e sáb.); 12h às 23h30 (dom). Cc: todos. Cd: todos. Estac. c/manobr. (R$ 12). www.irajagastro.com.br  

E então... gostaram?

Beijos,

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário. Bjs.