segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Decor e Design: Cristiana Bertolucci Estúdio lança pendente em parceria com tricoteira.

Olá!!! 

Hoje tem decor por aqui!. Unindo o talento da designer Cristiana Bertolucci em criar artigos de iluminação com design contemporâneo e sofisticado, e a habilidade da artesã Cristiane Bertoluci em transformar lã em arte, o Cristiana Bertolucci Estúdio lança o pendente Tricot, coberto com lã trabalhada em um clássico ponto de tricô e em um degradê de tons de azul.


O pendente tem formato cônico, com 28 cm de altura, 26 cm de diâmetro na parte superior e 40 cm de diâmetro na parte inferior; e é vendido sob encomenda, por R$ 1.150,00.

Há 3 anos no mercado de iluminação, o Cristiana Bertolucci Estúdio tem como característica produzir peças de forma quase artesanal, característica presente também nos trabalhos da tricoteira e crocheteira Cristiane Bertoluci, que, desde a infância, desenvolve técnicas dessas práticas manuais com o intuito de resgatar e disseminar a arte das agulhas e das lãs.

Sobre o Cristiana Bertolucci Estúdio
Criada há 3 anos pela designer Cristiana Bertolucci, Cristiana Bertolucci Estúdio é uma boutique especializada em iluminação, que leva delicadeza, charme e inspiração poética aos seus produtos, com um estilo contemporâneo. Sempre pesquisando e inovando, Cristiana Bertolucci produz suas peças de forma quase artesanal, criando luminárias e pendentes exclusivos com tiragem limitada. Com 30 anos na área de iluminação, a designer preza pela qualidade e beleza de suas peças, utilizando materiais, como cobre, ferro forjado, latão, madeira descartada e madeira maciça, para criar objetos sofisticados e modernos.

Sobre a Cristiane Bertoluci
Tricoteira desde os 8 anos e crocheteira desde os 10, Cristiane Bertoluci estudou Moda e Estilo em Caxias do Sul, onde teve a oportunidade de estagiar na representação de máquinas Shima Seiki. Depois de formada mudou-se para São Paulo onde atuou como estilista e designer. Em 2011, estudou criação em tricô no atelier Knit-1 em Brighton, na Inglaterra. Ao retornar ao Brasil, iniciou um trabalho de valorização de trabalhos e processos manuais, atuando também no grupo Coletivo Feito à Mão, promovendo encontros e intervenções.

E então... gostaram?

Beijos,

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário. Bjs.