quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Mendoza: Uma visita à Chandon Argentina.

Olá!!

Acabei deixando um post já escrito e guardadinho aqui no meu rascunho para o final do ano já pensando nas férias e celebrações. É nessa época que começamos a programar passeios e viagens, e queria contar de um que fiz em Mendoza. Prometi contar um pouco sobre as degustações da Chandon e Terrazas em Mendoza, que são imperdíveis para quem pretende aproveitar muito bem a região. Vou fazer isso em dois posts.

Eu amei Mendoza e quero voltar mais vezes. Como já disse aqui, consegui descansar muito (eu precisava, o stress de São Paulo de vez em quando me faz meio mal, e só uma cidadezinha calma como esta, cheia de ruas arborizadas e bons cafés para me equilibrar novamente).


A Chandon da Argentina recebe diariamente, com agendamento prévio, visitantes em sua fábrica em Mendoza, para um passeio guiado pelas suas instalações com muitas informações históricas, além do acompanhamento de etapas da fabricação, e no final uma degustação com os espumantes da marca.



A Chandon é uma das marcas de espumantes mais conhecidas no mundo e é produzida em cinco países, incluindo a Argentina, com uma unidade de produção em Mendoza, no distrito de Luján de Cuyo.


A empresa Moët & Chandon surgiu na França em 1743 e atualmente também possui unidades de produção na Argentina, Brasil, Estados Unidos e Austrália. A Bodegas Chandon de Mendoza abastece o mercado da Argentina e também exporta sua produção para outros países.


Tudo bem que a foto foi tirada por acaso, mas olha o meu tamanho em relação aos tonéis... são milhões de litros de espumante armazenados aí. Abaixo, a cava.




E o espaço para degustação da marca que eu adorei. Vou aproveitar e contar até qual foi o meu preferido: gostei muito do Délice, que não tem aqui no Brasil. É bem frutado (gosto de bebidas mais frutadas) e a recomendação é de que seja utilizado em drinks com frutas - deu para imaginar o quanto é bom né?


Para quem se interessou pela visita e não vai para Mendoza: A Chandon do Brasil, que também é aberta para visitação, está localizada no município de Garibaldi (Rio Grande do Sul) e sua produção abastece somente o mercado nacional. As espumantes produzidas na Argentina não são enviadas para o Brasil para não concorrer com a fábrica daqui e vice-versa. Estas unidades produzem somente a marca Chandon, enquanto que as outras espumantes do grupo LVMH, como a Moët & Chandon, Dom Perignón e Veuve Cliquot, são produzidas apenas na França.


E então... gostaram? Não coloquei tantas fotos, mas prometo que vou atualizar posteriormente.

Beijos,

2 comentários:

  1. Adorei, Lais. Obrigada por dividir conosco suas experiências de viagem. Deu vontade de conhecer. Pareceu-me um lugar calmo, acolhedor e lindíssimo. Parabéns. Adoro seu blog. Um abraço. Michele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Michele. Tudo bem? Fico feliz por você gostar do blog, adoro compartilhar um pouco dessas experiências aqui. Tão bom!! O lugar é realmente muito bom, consegui descansar e tirar muitas fotos para o blog. Ainda tem mais posts aqui que estou preparando (super animada)!! Beijos

      Excluir

Obrigada pelo comentário. Bjs.