quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

03 boas resoluções para cumprir no ano.

Olá!!! Quem cumpriu tudo o que planejou na virada do ano passado e precisou renovar aquela famosa listinha de início de ano? Eu não, mas consegui cumprir algumas (haha), aliás eu havia prometido que não pensaria no assunto, mas ao olhar tudo o que me prometi para 2014 e ver que nem tudo foi deixado de lado, me deu aquele ânimo para um post sobre o assunto. 

Bom eu sei que todos já voltaram ao ritmo da cidade e trabalho, ou estão pensando no ano que está começando, mas para quem ainda está no primeiro dia (meu caso) acho que é um bom exercício. Quer boas ideías para este ano?

O que eu consegui fazer durante o ano não foi nada do tipo "só me divertir e viver a vida", eu tinha certeza que não seria um ano fácil - e adivinhem: não foi!! Mas valeu como aprendizado! 

A primeira delas: Fazer mais Exercícios Físicos. Tudo bem que o início foi na base da obrigação mesmo, tive um probleminha de saúde e não fui convidada, mas tive que começar com urgência, por necessidade mesmo. E acabei adorando!!! Me inscrevi num grupo de corrida, daqueles que você encontra nos parques de São Paulo e comecei na caminhada de 2K, aos poucos, e quando percebi, estava correndo (trote) 5K, e ainda acabei até participando de uma prova! 


Esta pode ser uma boa resolução para começar. O que acham? Não vai ser fácil nos primeiros 15 dias, vocês vão começar a inventar desculpas, vai ter aquela dor muscular chata incomodando, mas aos poucos vão vencendo todas elas e pronto - quando perceberem, já estão com vontade de ir para o parque, academia sempre.

Mudar o que está errado na alimentação - tarefa difícil!! Como uma apaixonada por doces e boa comida vou dizer que esta é pior do que adquirir o hábito do exercício todos os dias. Sou do tipo que não pensava no peso nessas horas (se era para comer algo que eu gostava, era com gosto e sem culpa - aqui em casa tinha sobremesa todos os dias, e não era gelatina, eu escolhia as que nós gostávamos mesmo). 

Como foi a mudança: Passei por uma nutricionista (que trocou toda a minha alimentação, tirou o glúten, a lactose e tudo o que eu amava do meu cardápio), e em pouco tempo, já estava habituada à nova dieta. 

O tempo de adaptação foi de 15 dias - logo eu já comecei a ser daquelas moças que ficam lendo o valor nutricional de alimentos no supermercado (haha... eu detestava isso), procurando se o produto possuía algum dos componentes que eu não poderia ingerir e fazendo as receitinhas em casa. 


Mas foram apenas 3 meses desta dieta e agora estou feliz da vida podendo comer de tudo um pouco, sem restrições - mas em pequenas porções. Com juízo né!! 

A regrinha da nutri: é ter um dia livre e se tiver aquela vontade insuportável de comer um doce, sair de casa, ir até uma doceria ou café e comer lá (isso para evitar que se coma por exemplo, um pote da sorvete na semana - acreditem, é possível - risos).

Fazer uma coisa diferente, só sua, viajar ou sair fazer um passeio que goste sozinha, sem ninguém - e adorar!!! A terceira, é a mais simples e nosso dever sempre (essa foi mais difícil do que todas as outras) e eu recomendo:  É difícil pensar nisso e não se sentir egoísta né! Mas acreditem, nós precisamos!! No meu caso foi a viagem para a Itália que fiz sozinha (sem marido ou amigas), eu e meu livro de conversação e minha câmera - e foi maravilhoso!! Abaixo algumas fotos, de alguns passeios e uma com uma nova amiga brasileira (eu a conheci lá).



Tudo bem que eu encontrei vários conhecidos durante a viagem, e fiz novas amizades (foi na época da Sallone del Mobile) em Milão, mas lógico, fiz vários passeios sozinha, visitei Stresa, uma cidadezinha italiana super charmosa e Locarno, na Suiça (lembram do post?) e consegui me divertir sozinha com meus passeios. É lógico que eu falava com o marido todos os dias e ficava mandando fotos de lugares e Áudios no whatssap para o Morpheu meu gato (a louca - haha), mas a sensação de estar totalmente sozinha é boa.

 E então... vamos começar tudo de novo e tentar algo diferente?

Beijos,

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário. Bjs.