quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Nutricionista Andrea Santa Rosa tira dúvidas sobre nutricosméticos.

Olá!!! É só chegar o verão que as mulheres já começam a se preocupar com os quilinhos a mais, a barriguinha, a celulite e, claro, o biquíni, afinal emagrecer está quase sempre entre as grandes metas da virada do ano.  

A falta de tempo para se alimentar adequadamente e a constante busca pela beleza com dietas rigorosas podem comprometer a saúde e levar a carências nutricionais importantes capazes de deixar qualquer mulher moderna de mal com o espelho.  

De acordo com a nutricionista Andrea Santa Rosa, embaixadora da Or-ganic, a suplementação é uma grande aliada para quem pretende perder peso, desde que seja feita da maneira correta. “Quem quer emagrecer naturalmente, sem uso de medicamentos, e quer ter disposição durante a semana para enfrentar uma rotina de casa, trabalho e academia, pode fazer uso dos nutricosméticos para manter o pique e saciar a fome, desde que associado a uma dieta balanceada e a prática de atividade física regular”, diz. 


Os nutricosméticos são itens fundamentais na nécessaire de toda mulher moderna. Para quem ainda não experimentou, são suplementos alimentares que têm como finalidade cuidar do corpo “de dentro para fora”. Cada cápsula conta com nutrientes que foram especialmente selecionados e reunidos para garantir seu consumo diário de forma prática. 

“O processo de regeneração do nosso corpo depende de algumas vitaminas e minerais que precisam ser ingeridas frequentemente através da alimentação. Com a correria dos dias atuais, está cada vez mais difícil garantir a ingestão regular destes nutrientes, o que resulta em falta de energia, dificuldade para emagrecer, enfraquecimento de unhas e cabelos, etc.”, explica Andrea. 

“Muitas pessoas aparecem em meu consultório com dúvidas sobre nutricosméticos. Algumas já estão usando e não tiveram o resultado esperado, outras têm receio de usar por desconhecimento, querem saber qual a maneira correta de consumo, se há efeitos colaterais, etc. O ideal é que antes de sair por aí comprando qualquer produto, a pessoa faça uma consulta com um profissional habilitado (nutrólogo, nutricionista ou médico esportivo) para conhecer melhor a sua estrutura física e sua composição corporal (avaliação nutricional), alinhe com o especialista quais são as suas necessidades e quais são os suplementos mais indicados para aquela situação”, explica.  

Para esclarecer as dúvidas mais frequentes, a nutricionista listou abaixo os principais mitos e verdades sobre o consumo de nutricosméticos: 

1 - A maioria das pessoas não consome a quantidade necessária de nutrientes capaz de oferecer proteção total ao organismo.

Verdade. Uma alimentação equilibrada seguida de exercício físico é o caminho recomendado pelos médicos para evitar doenças e o envelhecimento precoce causado pelos radicais livres, moléculas que degeneram as células sadias do nosso organismo. No entanto, sabemos que o ritmo de vida atual muitas vezes impossibilita fazer três refeições ao dia, com pratos balanceados, o que afeta diretamente a nossa saúde com a deficiência de nutrientes. 

2 - O consumo diário de nutricosméticos substitui os tratamentos estéticos.

Mito. Os nutricosméticos são fortes aliados quando associados a uma alimentação saudável e a prática de atividade física, mas eles não têm como objetivo substituir os tratamentos estéticos, que muitas vezes cumprem funções em partes específicas do corpo. O que acontece é que, com o passar do tempo, eles irão contribuir na melhora da flacidez, elasticidade da pele, entre outros benefícios decorrentes da reposição de nutrientes importantes no organismo. 

3 – Os resultados dos nutricosméticos são percebidos rapidamente.

Verdade. Em média, os resultados começam a aparecer depois de 60 dias de uso, mas algumas pessoas relatam sentir alguma melhora a partir da terceira semana. Depende do organismo e do estilo de vida de cada pessoa, mas o tratamento ideal tem duração de três meses, período que o corpo precisa para assimilar os nutrientes. 

4 – O nutricosmético pode substituir uma refeição.

Mito. O nutricosmético jamais deve substituir uma refeição, pelo contrário, seu efeito está diretamente ligado a uma boa alimentação. 

5 – Posso tomar mais de um nutricosmético por dia com benefícios diferentes.

Verdade, desde que acompanhado do seu médico ou nutricionista, já que algumas vitaminas ou minerais podem estar presentes em diversas formulações e em doses muito elevadas podem causar efeitos indesejados. Porém, existem formulações cujo foco é cuidar das unhas e dos cabelos, enquanto outras são destinadas a promover ação antirrugas ou clareamento da pele. Seus efeitos podem ser complementares para pessoas que querem obter efeitos positivos tanto para a pele, quanto para os cabelos. 

6 - Os efeitos dos nutricosméticos somem quando paro de tomar.

Verdade. Os nutricosméticos deveriam fazer parte da rotina diária dos pacientes. Se por exemplo, os nutricosméticos são utilizados para promover efeitos antioxidantes e proteger a pele contra a destruição causada por radicais livres, uma vez que o paciente para com seu consumo a pele fica desprotegida. A queda capilar, se causada pela deficiência de algumas vitaminas e minerais, uma vez que paramos de tomar este suplemento o cabelo volta a cair. Da mesma forma que um creme antirrugas faz parte da rotina diária, os nutricosméticos têm o mesmo papel. Seus benefícios vão além da pele. 

7 – A ação do nutricosméticos é mais eficaz se consumido junto com a alimentação?

Verdade. Para melhorar a absorção de minerais (zinco, cobre, manganês, etc), sugere-se sua administração junto com proteínas.

Para quem não conhece: A Or-ganic é uma marca da Fagron voltada para o mercado de nutracêuticos com produtos importados dos Estados Unidos. Segundo o IMS Health, este é um mercado em crescente expansão que deve atingir a marca de US$ 4,24 bi até 2017. Só o Brasil deve crescer até 220% em 2015. 

Presente em 30 países, a Fagron foi fundada em 1990 na Holanda e está no Brasil desde 2010, com sede em São Paulo. 

E então... conseguiram tirar as dúvidas? Aproveito para salientar que não se trata de Publipost ou qualquer outra forma de publicidade, e sim um informativo (acho legal abrir espaço para diferentes informações de forma mais técnica).

Beijos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário. Bjs.