domingo, 5 de junho de 2016

Exposição fotográfica "Love Letter from Brazil to Iraq" na Panamericana Escola de Arte e Design.

Olá!! Quer uma boa exposição de fotografias para visitar durante a semana? Esta é a última semana da exposição "Love Letter from Brazil to Iraq" na Panamericana Escola de Arte e Design. Fotógrafos brasileiros e iraquianos se unem para transmitir mensagens de paz e otimismo ao Oriente Médio, através da fotografia.

A fotografia tem o poder de comunicar, atravessar fronteiras, contar histórias, unir e transformar pessoas (sou apaixonada por fotografias). Ela é um dialeto universal.  Foi a partir dessa premissa que surgiu o projeto fotográfico "Love Letter from Brazil to Iraq" (Carta de amor do Brasil ao Iraque), que une trabalhos de fotógrafos brasileiros e Iraquianos em uma exposição coletiva, com o objetivo de levar mensagens de paz ao Oriente Médio, lugar marcado por tantos conflitos. Abaixo, fotografias de Hassan Haci, Safen Ahmaid e Sandra Carrillo.


Com curadoria do professor de fotografia da Panamericana Escola de Arte e Design, Renato Negrão, e do presidente da ONG "Larsa for Human Rights" e também do IPC - Iraq Photograph Center, o iraquiano Abo Al Hassan, a Escola apresenta, a exposição "Love Letter from Brazil to Iraq", até o dia 12 de junho, na unidade Angélica (Av. Angélica, 1900, em São Paulo). 

Caixa de texto de foto de Abass Al iraqi 
Para Negrão, trazer a exposição ao Brasil é uma grande realização. “Todos os dias somos bombardeados com inúmeras imagens fortes como terremotos, ataques, guerras e Renato Gaiofato problemas sérios do mundo inteiro, que são valorizadas nas mídias. Então, a exposição "Love Letter from Brazil to Iraq" vem em contrapartida, trazendo mensagens positivas entre seres humanos de culturas diferentes”, relata.

A mostra, que já foi apresentada na Galeria Daratal Tasweer, em Amã (Jordânia), e instalada pelas ruas de Bagdá (Iraque), chega ao Brasil com 72 trabalhos, promovendo uma troca entre 21 fotógrafos brasileiros – onze deles ex-alunos da Panamericana – e 15 iraquianos.

Caixa de texto de foto de Renato Gaiofato 
 “A fotografia é uma ferramenta poderosa de comunicação. Ela não tem língua, não tem nação ou religião. É livre e pode transmitir sentimentos. Nós da Panamericana muito acreditamos nisso. Por esse motivo, abrir as portas da nossa Escola para uma exposição como essa, que apresenta outro lado da vida de um povo marcado por tantos transtornos e ainda apresentar a resposta do nosso país a eles, é recompensador”, conta Alex Lipszyc, diretor de ensino da Panamericana.

"Love Letter from Brazil to Iraq" tem entrada gratuita e ficará instalada na unidade Angelica da Panamericana até 12 de junho.

Serviço: Exposição "Love Letter from Brazil to Iraq" (Cartas de amor do Brasil ao Iraque).
Data: até 12 de junho.
Horário: de segunda a sexta, das 9h às 20h e sábado, das 9h às 12h. Não abre aos domingos e feriados.
Local: Panamericana Escola de Arte e Design
Sede Angélica: Av. Angélica, 1900 – Higienópolis.
Entrada Gratuita

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário. Bjs.