segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Exposição: Sagrada Família, Família Sagrada no Museu de Arte Sacra de São Paulo.

Olá!! Quem gosta de curtir o mês de dezembro intensamente, com direito a presépio, árvore de Natal e coração aberto pronto para celebrar o aniversariante do mês e desejar e esperar tudo de melhor que este mês sempre nos traz? Para quem gosta dessa época tão gostosa é uma ótima oportunidade de ver uma exposição de presépios. O Museu de Arte Sacra de São Paulo – MAS/SP, instituição da Secretaria de Estado da Cultura, celebrando os festejos de final de ano, inaugura a sua mostra de presépios de 2016 “Sagrada Família, Família Sagrada”, com curadoria de Francesca Alzati.

Nesta edição, os conjuntos estarão expostos tanto nas dependências do MAS/SP como na sala MAS Metrô Tiradentes, um anexo da instituição localizada dentro da estação Tiradentes do Metrô, contando com 22 presépios montados e idealizados por 30 convidados da curadora, dos mais diversos backgrounds, como designers, empresários, estilistas, jornalistas, arquitetos, artistas plásticos, colecionadores e nomes da sociedade. A mostra busca apresentar o valor da simplicidade e da união da família por meio das mãos e dos sentimentos de seus convidados, resultando em montagens em que valores pessoais, crenças, lembranças e emoções, humanizam o sentimento do Natal em nosso cotidiano.


Com sua sensibilidade e expertise, Francesca Alzati fez o convite a alguns amigos para que eles trouxessem ao Museu de Arte Sacra de São Paulo suas próprias peças e nelas pudessem retratar como veem as bases de cada família, seus valores e crenças, tudo que lhe é sagrado. “O Presépio, intenso como a Sagrada Família, sempre fez parte da nossa história e o resgate dele é imprescindível para reconstruir valores. Células para um mundo melhor, as famílias são o ponto de partida das nossas sociedades” define a curadora.

Em uma proposta diferenciada, a curadora reuniu obras de diversas técnicas como terracota esculpida a mão, materiais têxteis como tapeçaria, cenográficos e também contemporâneos como TOY ART. Uma grande mistura que retrata a miscigenação de São Paulo, com histórias, estilos e diversas culturas, ou seja, a típica cidade cosmopolita.

Essa mistura também pode ser vista nas representações da sagrada família, o que provoca outra reflexão com relação a fazermos sempre o melhor e não deixarmos para aplicar e demonstrar isso apenas em determinadas ocasiões. A sagrada família no presépio é o foco e o que a une é sua afetividade. A expressão dessa afetividade é extremamente importante nos dias de hoje e pode assumir diferentes faces, o importante é que os valores da sagrada família sejam mantidos, que são os mais intensos e mais puros, são fortíssimos.

“Não pode existir família, se não há amor incondicional. ”
Francesca Alzati

Convidados: Allex Colontonio, Ana Ferraz, Andre Rodrigues, Bia Doria, Carol e Fabio Quinteiro, Chris Bicalho, Claudia Cinel, Constance Zahn, Cris Ferraz, Debora Paulino, Emma Alzati, Estela Ramos, Familia Kasinsck, Fernanda Cunha, Giovanna Abrapour, Gisela Prochascka, Leda Machado, Luiz Fronterrota, Marie Tchilian, Mirtes Gonçalves de Moraes, Monica Barbosa, Monica Mangini, Osmundo Teixeira, Patricia Cardim, Renata Paula, Samuel Cirnansck, Sandra Habib, Tarsila do Amaral, Zizi Carderari

Exposição: “Sagrada Família, Família Sagrada”
Curadoria: Francesca Alzati
Abertura: 28 de novembro de 2013 – segunda-feira – às 18h
Período: 29 de novembro de 2016 a 06 de janeiro de 2017
Local: Museu de Arte Sacra de São Paulo – www.museuartesacra.org.br
Avenida Tiradentes, 676 – Luz, São Paulo
Tel.: (11) 3326.5393 – agendamento/ educativo para visitas monitoradas
Horário: Terça a domingo, das 9h às 17h
Ingresso: R$ 6,00 (estudantes pagam meia); grátis aos sábados
Número de obras: 22
Dimensões variadas

Francesca Alzati trabalhou ao lado de Oscar Niemeyer e aprendeu que a beleza está na simplicidade dos traços e na pureza da arte. Com Ruy Ohtake assimilou a logística da criatividade. E com Miguel Juliano descobriu o trabalho intenso e correto. Toda essa bagagem profissional conquistada junto a profissionais tão renomados, a italiana Francesca Alzati adquiriu após sua chegada ao Brasil, em 1990. Formada em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Politécnica de Milão e pelo Centro Universitário das Belas Artes de São Paulo. O encanto com esse novo mundo mesclado a sua bagagem europeia e aliado a toda sua formação em arquitetura, levaram-na, em 1994, a unir-se ao marido no comando da By Kamy. Toda essa expertise fez dela um tipo de orientadora, verdadeira consultora no assunto. Jornalistas constantemente a procuram em busca da sua opinião em diversos segmentos.

O museu: Instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, o Museu de Arte Sacra de São Paulo é uma das mais importantes instituições do gênero no país. É fruto de um convênio celebrado entre o Governo do Estado e a Mitra Arquidiocesana de São Paulo, em 28 de outubro de 1969, e sua instalação data de 28 de junho de 1970. Desde então, o Museu de Arte Sacra de São Paulo passou a ocupar ala do Mosteiro de Nossa Senhora da Imaculada Conceição da Luz, na avenida Tiradentes, centro da capital paulista. A edificação é um dos mais importantes monumentos da arquitetura colonial paulista, construído em taipa de pilão, raro exemplar remanescente na cidade, última chácara conventual da cidade. Foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, em 1943, e pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico e Arquitetônico do Estado de São Paulo, em 1979. Tem grande parte de seu acervo também tombado pelo IPHAN, desde 1969, cujo inestimável patrimônio compreende relíquias das histórias do Brasil e mundial. O Museu de Arte Sacra de São Paulo detém uma vasta coleção de obras criadas entre os séculos 16 e 20, contando com exemplares raros e significativos. São mais de 18 mil itens no acervo. O museu possui obras de nomes reconhecidos, como Frei Agostinho da Piedade, Frei Agostinho de Jesus, Antônio Francisco de Lisboa, o “Aleijadinho” e Benedito Calixto de Jesus. Destacam-se também as coleções de presépios, prataria e ourivesaria, lampadários, mobiliário, retábulos, altares, vestimentas, livros litúrgicos e numismática.

MUSEU DE ARTE SACRA DE SÃO PAULO – MAS/SP
Presidente do Conselho de Administração - José Oswaldo de Paula Santos
Diretor Executivo - José Carlos Marçal de Barros
Diretor de Planejamento e Gestão - Luiz Henrique Marcon Neves
Diretora Técnica – Maria Inês Lopes Coutinho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário. Bjs.