terça-feira, 22 de agosto de 2017

Casa Cor Minas: Cozinha Funcional da Santa Cruz vai aguçar os cinco sentidos dos visitantes.

Uma cozinha charmosa, aconchegante, funcional e pronta para receber grandes chefs, esse é o conceito da Cozinha Funcional, da Casa Cor Minas 2017, projetada pelas designers de interiores Gabriela Azeredo e Patrícia Pires.

No ambiente de 50 metros quadrados, flores, texturas e cheiros são responsáveis por causar uma experiência única aos visitantes. O espaço, patrocinado pela Santa Cruz Acabamentos, segue o conceito de Slow Living. Quem entra no espaço é convidado a desacelerar e sentir o clima acolhedor do mineiro.


A cartela de cores escolhida foi de tons neutros, como cinzas, preto e madeira em texturas diversas. Para conseguir esse ar intimista, mas ao mesmo tempo moderno, Gabriela e Patrícia usaram revestimentos da Santa Cruz Acabamentos que remetem aos materiais simples utilizados antigamente, mas com novas tecnologias para bem atender as necessidades dos dias atuais. Tijolos nas paredes, porcelanatos na bancada, piso e pilares trazem o clima de aconchego para o ambiente. “Escolhemos o London brick – que remete aos tijolo inglês; o Petra que lembra uma pedra bruta e o Detroit, todos três da Portinari, na bancada lembrando um concreto aparente e nas mesas laterais usamos o Barcelona, porcelanato da Ceusa com aparência de um mármore” explica Gabriela. O ar de modernidade fica com os eletrodomésticos, com exceção da charmosa geladeira de 1947, que é de um colecionador, ela traz um encanto muito especial ao ambiente.Destaque para forno microondas e cooktop Tramontina, cuba Franke e torneira Deca.


O piso e o teto originais em madeira peroba foram mantidos. As arandelas foram desenhas pelas designers. A extensa bancada em porcelanato com detalhe em perfil bronze, a grande prateleira que rodeia todo o espaço permite a exposição de lembranças, como: adornos e plantas. A escolha de revestimentos de fácil manutenção especialmente, para uma cozinha funcional.

Parte do mobiliário foi desenhado pelas designers e tem uma base neutra que mistura serralheria e madeira, traduzindo uma linha mais contemporânea. “Usamos uma grande mesa de madeira que apoia a bancada para receber um maior número de pessoas que adoram ficar no bate-papo na cozinha e para que o ambiente continue com a pegada de estar, seguem os sofás que permitirão aos frequentadores curtirem o prazer de receber nesta cozinha”, ressalta Patrícia



Uma grande mesa de madeira com cadeiras confortáveis; banquetas transparentes para deixar a bancada totalmente visível deixam os visitantes com vontade de sentar e confraternizar.  Estantes e prateleiras com adornos e lembranças afetivas trazem um charme especial para o espaço. Os dois grandes sofás que convidam o visitante para uma pausa. O móvel de TV foi escolhido para trazer cor ao ambiente e ele foi o ponto de partida para a definição de cores.

Quer desacelerar? Venha sentir essa atmosfera slow na cozinha funcional e aproveite esse tempo para resgatar as suas raízes e repensar seu estilo de vida!

Quem quiser viver uma experiência completa pode aproveitar para almoçar ou jantar no ambiente projeto por Gabriela Azeredo e Patrícia Pires. A Cozinha Funcional estará aberta durante os 40 dias de Casa Cor! O projeto de intervenções gastronômicas é comandando pelo gourmad e empresário Sérgio Figueiredo. Essa experiência vai mexer com todos os sentidos dos visitantes: paladar, olfato, visão, tato e audição serão aguçados na Cozinha Funcional.

Um pouco sobre as designers: Gabriela Azeredo, a primeira formação foi em Ciência da Computação, mas a paixão pelo design falou mais alto e ela abandonou a carreira de analista de sistemas para se dedicar aos projetos de design gráfico e design de interiores no escritório que leva o seu nome. Gabriela viaja o Brasil para atender seus clientes, além de Belo Horizonte, atende clientes em Brasília e São Paulo. Ela faz projetos para casas e apartamentos, mas tem um grande público nos ambientes corporativos, seu bom gosto e criatividade chamam atenção. Cosmopolita e dedicada, a designer vai todos os anos para Feira de Milão, na Itália conhecer as novas tendências em arquitetura e decoração.
                                              
Patrícia Pires é formada em Decoração e Design de Interiores pelo Izabela Hendrix, começou a trabalhar em projetos residenciais, casas de campo e comerciais. Participou de diversas Mostras em BH, em lojas como: Casa Cor, Artefacto, Maria Alice, Prima Linea, Shopping Ponteio, entre outras. Sempre antenada, Patrícia faz questão de viajar pelo mundo para pesquisar novas tendências de designer. Ela também é formada em administração de empresas, profissão que ajudou a designer a alavancar o seu escritório. Além de Belo Horizonte, Patrícia também tem clientes em São Paulo e no interior paulista. Seu trabalho é bem conhecido no mundo dos famosos, ela já fez projetos como a casa do cantor Eduardo Costa e a fazenda do jogador Gilberto Silva.

Santa Cruz: tradicional em Minas Gerais, a empresa de acabamentos e material de construção, completa 55 anos em 2017 e foi eleita pelo sétimo ano consecutivo a segunda maior empresa do seu setor em Minas Gerais. Pelo quarto ano, a Santa Cruz está na Casa Cor. Em 2013 participou com uma sala de banho, em 2014 escolheu o banheiro público. Em 2015 foi a área gourmet. Esse ano o ambiente escolhido foi a cozinha por ter valores considerados primordiais para a direção da empresa: tradição e história. A família de empreendedores está na sua terceira geração, empresa onde todos foram educados para ajudar a construir o sonho dos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário. Bjs.