terça-feira, 18 de setembro de 2018

Arquiteto Bruno Moraes assina apartamento com ambientes integrados e décor contemporâneo com toques retrô e industriais.

Localizado no tradicional bairro da Mooca, em São Paulo, o imóvel de 73,5 m² foi adaptado ao estilo de vida de sua jovem moradora.

Fotos: Luís Gomes

Com 73,5 m², o apartamento no bairro paulistano da Mooca oferecia uma planta compartimentada que não atendia o estilo de vida da jovem moradora, na faixa dos 30 anos. A cozinha em estilo corredor era muito pequena e ficava apertada entre as paredes, a varanda era totalmente separada da sala por uma porta e o espaço da churrasqueira era mal aproveitado.


A principal tarefa do arquiteto Bruno Moraes, do escritório Bruno Moraes Arquitetura, foi integrar cozinha, sala de estar e varanda de um modo que os espaços dialogassem entre si. “Além da impressão de amplitude gerada pela integração, esses ambientes tinham funções conectadas no dia a dia. Fazia todo sentido criar um único ambiente e explorar melhor o potencial desses espaços”, comenta o profissional.

O primeiro passo foi analisar quais paredes poderiam ser demolidas. Os pilares e estruturas que não podiam ser removidos foram disfarçados com fechamentos de gesso ou nichos, como na parede entre a cozinha e a varanda, que ganhou uma estante embutida. Depois, todo o piso foi nivelado e agora a área integrada soma 43 m².




A conexão visual entre os ambientes também foi prioridade na escolha dos revestimentos e no projeto luminotécnico. A cliente queria interiores contemporâneos com alguns toques retrô e elementos industriais. Assim, no teto da varanda, sala e cozinha foi aplicada uma textura com efeito de concreto aparente que criou uma atmosfera mais aconchegante. Seguindo o princípio da unidade, o mesmo porcelanato reveste o piso de toda a área social.

O projeto de iluminação mescla luminárias de embutir e trilhos eletrificados. “A opção do trilho dá flexibilidade ao layout. Se com o tempo a moradora quiser trocar o sofá ou acrescentar mais uma poltrona, é possível correr os spots e direcionar para a posição desejada, além de aumentar ou diminuir a quantidade de pontos de luz no trilho”, explica o arquiteto. As lâmpadas têm a mesma temperatura de cor em todos os ambientes – assemelhando-se mais à luz do dia e trazendo uma atmosfera de aconchego.

Para o efeito tijolinho, o brick da Lepri, aplicado na parede da entrada, contribui para a sensação de acolhimento no apê. A escolha proporciona um contraponto com os tons claros da cozinha e forma o fundo perfeito para a poltrona Eames com pufe em couro natural.




A bancada da cozinha é revestida com tijolinhos esmaltados brancos e o tampo de quartzo não tem rebaixo para o frontão. O quadro do famoso submarino amarelo, eternizado pelos The Beatles, e o suporte lúdico de boneco trazem o décor para a temática jovem. A ilha gourmet, por sua vez, se tornou o lugar mais badalado do apê quando a moradora recebe os amigos: em volta dela, eles cozinham juntos enquanto tomam uma taça de vinho. Para os armários o arquiteto escolheu o revestimento em laca preta fosca.

Na sala, a paleta de cores sóbria ganha vida com as estampas geométricas do tapete e das almofadas. O mobiliário do estar tem papel importante na integração dos ambientes. O móvel da TV que nasce ali se transforma na bancada do home office e termina na varanda como um armário, que esconde a máquina de ar condicionado.

A área da churrasqueira é revestida com subway tiles em preto, mesma cor do trio de pendentes e das cadeiras em volta da mesa oval. O cacto vistoso e os vasinhos de plantas renovam as energias do espaço.

Os mesmos azulejos escuros da varanda aparecem nos box e, junto com os espelhos modernos, compõem o ar jovial dos banheiros. No dormitório, predomínio dos tons cinzas presente no pequeno criado mudo, porta dos armários e no enxoval.

Fornecedores: Piso: Portobello; Revestimentos da cozinha e da churrasqueira: Eliane; Tijolinho da parede de entrada: Lepri; Tampos da ilha e da bancada: Emporiostone; Tampos e nicho dos sanitários: Emporiostone; Efeito concreto do forro: Suvinil; Tinta: Suvinil; Móveis planejados: DellAnno; Marcenaria: Movillar; Banquetas: Cadeirada; Luminária de piso, luminária de mesa e cristaleira: TokStok; Quadros: Moldura Minuto; Tapete: Anapí.

Bruno Moraes Arquitetura
www.brunomoraesarquitetura.com.br
@brunomoraesarquitetura

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário. Bjs.